6.7 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Novembro 25, 2020
No menu items!
Início Nacional Ponto de Vista... por António Justo

Ponto de Vista… por António Justo

Portugal é a Terra onde a Festa se encontra em Casa

A festa do Ano Novo (da passagem 31 de Dezembro) é nomeada de festa de S. Silvstre, o nome do Papa Silvestre I, que morreu em Roma no no dia 31 de Dezembro do ano 335.
Esse dia é, pela primeira vez, menciondo, no calendário eclesiástico, em 813, como onomástico de São Silvestre,  o padroeiro dos animais domésticos e de um feliz ano novo.
Os romanos começaram a celebrar a festa, pela primeira vez no ano  153 a.C., data em que o início do ano foi adiado de 1º de março para 1º de janeiro.

António Justo

Para individualistas, que não gostem de festas de calendário e preferem viver noutras órbitras, tiveram a oportunidade de celebrar o início do novo ano astronómico, que este ano, no hemisfério norte, começou no dia 21.02.2018 às 22h23 (hora portuguesa).
Na Alemanha na véspera do ano novo (Silvester) celebra-se a passagem com foguetes e fogos de artifício por toda a parte. Torna-se num espectáculo em que, à meia noite,  as pessoas vão para a rua, com os vizinhos, lançar os foguetes e com um copo de espumante brindam e trocam augúrios de Boas Festas.
É uma festa celebrada em todo o mundo e a que andam ligadas as mais diversas superstições e costumes. Em Berlim juntam-se na Porta de Brandenburgo mais de um milhão de pessoas a celebrar a passagem com um copo de sekt (vinho alemão semelhante ao champanhe) ou de champanhe! Na Alemanha oscomerciantes de sekt vendem só para essa noite 20% do consumo do ano.
Em Portugal, por exemplo no Porto, as pessoas celebram a passagem com um bom jantar em casa ou num restaurante e antes da meia-noite saem para a rua para assistir ao show dos fogos de artifício.
Por todo o país se festeja a magia da passagem e se admira, além do espectáculo pirotécnico, também os enfeites das luzes da época natalícia. Nesta altura Portugal torna-se num magnete de estrangeiros no Porto, na Madeira (mais de 500.000), em Lisboa, na Nazaré etc.  Muitas outras terras também se aproveitam da ocasião para festejar também com estrangeiros.
Em Portugal o mundo encontra um povo que gosta da festa!
Um ano 2019 feliz e à medida dos vossos desejos.

*António da Cunha Duarte Justo
In “Pegadas do Tempo” http://antonio-justo.eu/?p=5204

 

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Governo alerta 400 mil empresas para teletrabalho e máscara obrigatórios

O Ministério do Trabalho enviou hoje um e-mail a cerca de 400 mil empresas a alertar para a obrigatoriedade do teletrabalho nos...

Covid-19: Novos casos de infeção em Portugal descem há oito dias

Há oitos dias que o número de novos casos de infeção com o novo coronavirus revela um decréscimo, registando hoje 3.919, um...

DCA Talks: “Infográficos e animações na National Geographic”

Promovidas pela área do Design de Comunicação e Audiovisual da Escola Superior de Artes Aplicadas do IPCB, as DCA Talks têm como...

proTEJO e o município de Vila Franca de Xira convidam a cidadania a refletir sobre o controlo e a fiscalização da qualidade da água

O proTEJO – Movimento pelo Tejo e o Município de Vila Franca de Xira convidam os cidadãos e as populações ribeirinhas da...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: