8.5 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Novembro 26, 2020
No menu items!
Início Nacional Taxify, Cabify e Chauffeur Privé com licença para atividade de transporte de...

Taxify, Cabify e Chauffeur Privé com licença para atividade de transporte de passageiros

Os operadores de plataformas eletrónicas Chauffeur Privé, Taxify e Cabify já receberem as licenças para a atividade de transporte, encontrando-se o pedido da Uber em análise, avançou à Lusa o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT).
Dos quatro operadores de plataformas eletrónicas em Portugal – Uber, Chauffeur Privé, Taxify e Cabify – que fizeram o pedido de licenciamento ao IMT, cujo prazo terminava em 1 de janeiro, a Chauffeur Privé foi a primeira plataforma a obter o licenciamento à atividade de TVDE, aguardando-se ainda a decisão em relação às outras três plataformas.
No mercado português desde setembro de 2018, a Chauffeur Privé avançou com o pedido de licenciamento após a entrada em vigor, no dia 1 de novembro, da lei que estabelece um regime jurídico aplicável à atividade de TVDE.
“Assim, e de acordo com os requisitos para a prática da atividade, esta plataforma que tem celebrado parcerias com escolas de formação certificadas, de forma a reduzir o encargo dos motoristas por via da entrada da nova lei, vê agora concluído o processo de pedido de licenciamento”, declarou a Chauffeur Privé, em comunicado, indicando que a plataforma conta com cerca de 3.000 motoristas, o que permite “alargar a sua zona geográfica de atividade para as cidades de Vila Franca de Xira, Mafra, Ericeira e, mais a sul, Barreiro, Alcochete, Montijo, Sesimbra e Setúbal”.
Aquela que ficou conhecida como a ‘lei Uber’, estabelecendo um regime jurídico aplicável à atividade de TVDE, determinou um período transitório de adaptação aos operadores de quatro meses e deu 120 dias para motoristas e operadores cumprirem as regras.
Segundo dados do IMT enviados à agência Lusa, e que reportam a 30 de novembro, o organismo recebeu 594 pedidos para licenciamento de operador de TVDE (empresas que trabalham para as plataformas), dos quais 327 já foram deferidos.
Os restantes encontram-se em análise.
A nova lei prevê também que os motoristas (a título individual) necessitem de regular a sua atividade junto do IMT, tendo havido até 30 de novembro, inclusive, 129 pedidos, dos quais 98 foram aceites. Os restantes estão em análise.
De acordo com o IMT, encontram-se legalmente habilitadas para ministrar os cursos de formação TVDE as entidades exploradoras de escolas de condução e outras entidades formadoras já certificadas pelo organismo.
*Lusa / Foto: LUÍS FORRA

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Morreu Diego Armando Maradona

Diego Armando Maradona, considerado um dos melhores futebolistas da história, morreu hoje na sua residência, na Argentina, aos 60 anos, anunciou o...

LE: Benfica confirma ‘positivo’ de Taarabt e Jesus chama jogadores da formação

O Benfica confirmou hoje a infeção pelo novo coronavírus do futebolista Adel Taarabt, que se junta aos indisponíveis Julian Weigl e Darwin...

Covid-19: Morreu Reinaldo Teles, histórico dirigente do FC Porto

Reinaldo Teles, histórico dirigente do FC Porto e administrador não-executivo da SAD do campeão português de futebol, morreu hoje, aos 70 anos,...

Concurso “Presépios de Natal” regressa a Castelo Branco com a 14ª edição

Está de volta o concurso “Presépios de Natal”, promovido pela Câmara deCastelo Branco, através da Biblioteca Municipal, este ano em formato onlineface...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: