Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Maio 27, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Município da Sertã apoiou “Residência Artística”

Município da Sertã apoiou “Residência Artística”
José Lagiosa

Decorreu, entre 18 e 22 de fevereiro, no Concelho da Sertã, uma Residência Artística integrada no Programa de Educação Estética e Artística da Direção-Geral da Educação, a que o Município da Sertã se associou.

Neste âmbito, uma bailarina da Companhia Nacional de Bailado procurou sensibilizar os alunos de uma turma do quarto ano para a arte, levando-os a experienciar emoções e sensações diferentes ligadas à dança.

As ações desenvolvidas culminaram no dia 22 de fevereiro, com uma apresentação pública dos trabalhos desenvolvidos, na Casa da Cultura da Sertã.

José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã, na apresentação pública elogiou a capacidade de adaptação e de trabalho “das nossas escolas e dos seus profissionais: diretores, docentes, alunos, funcionários, mas também dos pais e encarregados de educação, o que a todos nos enche de orgulho. São projetos como este que aproximam os nossos jovens, de novas realidades culturais e dos seus atores, partilhando assim experiências e dinâmicas diferentes. A educação e a cultura devem ser universalizantes e integradoras, e a oportunidade que foi dada aos alunos da turma do 4º K representa um esforço decisivo nesse sentido,” concluiu o autarca.

Parceiro desta iniciativa, o Município da Sertã assegurou a logística, nomeadamente as deslocações da bailarina, assim como refeições e alojamento e disponibilidade de espaços.


Uma bailarina da Companhia Nacional de Bailado assegurou uma Residência Artística integrada no Programa de Educação Estética e Artística

No âmbito do referido programa, uma turma do primeiro ciclo do Agrupamento de Escolas da Sertã irá assistir ao Bailado Clássico D. Quixote, no Teatro São Carlos, em Lisboa, cujo transporte será assegurado pelo Município da Sertã.

Durante a residência artística, os intervenientes foram experienciando a dança, permitindo o seu contacto com este tipo de arte, tomando consciência de que esta prática desportiva/cultural pode fazer parte do quotidiano das Escolas, constituindo também uma mais-valia em termos de aprendizagens.

O objetivo deste tipo de iniciativas passa pela integração de práticas artísticas no dia-a-dia dos alunos, sensibilizando professores, crianças e famílias para a importância da arte na educação e formação das crianças e dos jovens.

Comentar