Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Abril 1, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Município assina protocolo para difusão dos valores da segurança e paz junto dos jovens

Município assina protocolo para difusão dos valores da segurança e paz junto dos jovens
José Lagiosa

Vila Velha de Ródão foi um dos 11 municípios do distrito de Castelo Branco que, no dia 24 de fevereiro, assinou o protocolo de cooperação para a implementação do Referencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz, um documento que visa a difusão de uma cultura de segurança, defesa e paz entre os mais jovens.

A cerimónia de assinatura do protocolo teve lugar na escola Básica e Secundária de Alcains e contou com a presença do ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, da secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Rosa Monteiro e dos presidentes das autarquias signatárias.

OReferencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz foi desenvolvido em conjunto pelo Ministério da Defesa Nacional e o Ministério da Educação, com a colaboração das Áreas de Governo da Presidência e Modernização, e pretende ser um documento orientador para aplicação na educação pré-escolar e nos ensinos básico e secundário.

O objetivo é incentivar e apoiar os agrupamentos de escolas a integrar no seu projeto educativo iniciativas e conteúdos curriculares que promovam o conhecimento e estimulem o interesse dos alunos, num quadro de valores de referência, pelas matérias de segurança, de defesa e da paz.

O Governo considera que “a importância deste projeto é inequívoca”, pois “a segurança encontra-se estreitamente interligada a valores como a liberdade e o bem-estar, pelo que o conhecimento das questões de segurança, de defesa e da paz deve estar acessível a todos os cidadãos”.

Para o presidente do Município de Vila Velha de Ródão, Luís Pereira, “enquanto entidade com responsabilidade em matéria de educação, área que consideramos como um vetor estratégico para o desenvolvimento do concelho, julgamos ser o dever da autarquia contribuir para a divulgação destes valores junto das gerações mais jovens, como forma de contribuir para a criação de uma sociedade mais esclarecida e justa no futuro”.

Comentar