17.2 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Setembro 23, 2020
No menu items!
Início Cultura Comemorações dos 800 Anos do Foral de Proença-a-Velha chegam ao fim, mas...

Comemorações dos 800 Anos do Foral de Proença-a-Velha chegam ao fim, mas projetam futuro auspicioso

As comemorações dos 800 anos do Foral de Proença-a-Velha, assinaladas durante um ano repleto de atividades culturais, culminaram com perspetivas de um futuro auspicioso no estudo e valorização desta freguesia do concelho de Idanha-a-Nova.

As comemorações do Foral de 1218, que decorreram de abril de 2018 a abril de 2019, encerraram no passado domingo, 28 de abril, com um programa que teve a presença de D. Antonino Dias, Bispo da Diocese de Portalegre-Castelo Branco, e a participação especial do Coro da Universidade Pontifícia de Salamanca, instituição que também conta 800 anos.

A Junta de Freguesia de Proença-a-Velha foi uma das grandes dinamizadoras deste ciclo de eventos, em parceria com a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova e de várias instituições locais.

A presidente da Junta de Freguesia, Helena Silva, não tem dúvidas que “as comemorações abriram portas para conhecermos melhor a nossa própria história, o nosso património e cultura” e sublinha a colaboração da comunidade local “com um conjunto alargado de investigadores conceituados das áreas da cultura, historiografia, geologia, entre outras”.

No encerramento das iniciativas, o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, também considerou as comemorações “muito dignas” e testemunhou a oportunidade “para aprofundar a história de Proença-a-Velha, uma localidade que tem um património material e imaterial riquíssimo”.

O autarca dá como exemplo o facto de Proença-a-Velha ter uma das Misericórdias mais antigas do país, com mais de 500 anos, mas também o casario típico, as paisagens naturais e os usos, costumes e tradições representam oportunidades para a criação de riqueza e emprego.

O passo seguinte será a publicação de uma obra que reúne os contributos recolhidos neste ciclo de colóquios, concertos e exposições. A presidente da Junta de Freguesia de Proença-a-Velha explica que “o sumo daquilo que conseguimos produzir nestas comemorações vai ser publicado num livro, no qual estarão refletidos os trabalhos desenvolvidos por toda a comissão científica e deixará portas abertas para quem quiser investigar as riquezas de Proença-a-Velha, que merecem essa atenção”

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Oferta de quartos para arrendar dispara entre Maio e Agosto deste ano face ao mesmo período de 2019

A procura, no entanto, caiu 89% na comparação dos períodos indicados Principais conclusões: Ainda do...

II Jornadas do Interior dia 25 de setembro nas Termas de Monfortinho

O Jornal do Fundão, em conjunto o Municipio de Idanha-a-Nova, vão organizar as II Jornadas do Interior no dia 25 de setembro...

Covid-19: Praxe preocupa instituições do ensino superior, algumas já proibiram

Em tempo de pandemia da covid-19, as atividades de praxe no início do ano letivo estão a preocupar os reitores das universidades...

Covid-19: Açores recomendam máscara em espaços públicos com grande concentração de pessoas

O Governo dos Açores vai recomendar "o uso de máscara em espaços públicos abertos com grande concentração de pessoas", no âmbito da...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: