Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Outubro 15, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Festival do Cabrito Estonado e do Vinho Callum em Oleiros trouxe novidades

Festival do Cabrito Estonado e do Vinho Callum em Oleiros trouxe novidades
José Lagiosa

O Festival do Cabrito Estonado e do Vinho Callum decorreu nos passados dias 13, 14, 20 e 21 de abril e destacou-se uma vez mais pela forte adesão, quer no recinto quer nos restaurantes aderentes, atraindo cada vez mais pessoas de vários pontos do país.

O feedback dos visitantes reflete a elevada qualidade dos dois produtos em destaque neste certame, especialmente o facto de pela primeira vez, ter sido possível a degustação de Cabrito Estonado dentro do recinto.

O momento em que tocava o chocalho assinalava a saída dos cabritos estonados dos fornos instalados no local especialmente para este efeito, permitindo degustar esta iguaria da forma aconselhada: nos momentos seguintes à saída do forno, com a pele estaladiça e a carne tenra e suculenta.

Todo o espaço foi repensado no sentido de instalar fornos a lenha que permitiram assar cabritos por várias fornadas, além de toda a dinâmica na área de restauração do recinto com uma logística funcional e uma identidade gráfica bastante criativa, uma esplanada exterior ou a “aldeia do cabrito” que fez as delícias de miúdos e graúdos.

O evento beneficiou também da associação de várias entidades como: o Agrupamento de Escolas Padre António de Andrade, a Sociedade Filarmónica Oleirense, a Associação Trilhos do Estreito, a Associação Pinhal Total e a Associação Pinhal Cultural.

O envolvimento dos alunos do Projeto Oleiros Educa, dos vários anos do Curso de Cozinha e Pastelaria deu um importante contributo na logística do espaço destinado à restauração.

Estes alunos apresentaram ainda o Pastel Oleirense, uma inovação gastronómica à base de produtos endógenos como o medronho, o Vinho Callum e o mel.

O programa de cultural diversificado e dirigido a vários públicos, assim como a animação infantil onde não faltou a caça aos ovos com o Coelho da Páscoa, atraíram várias faixas etárias, numa época tradicionalmente familiar.

Este é um evento que começa a ganhar novo destaque, motivo pelo qual foi divulgado por publicações nacionais de referência (ex: Sapo, Boa Cama Boa Mesa, Correio da Manhã, etc…).

O evento é apoiado no âmbito da candidatura PROVERE Beira Baixa – Terras de Excelência, efetuada pela Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa e Municípios que a constituem, pretendendo reforçar a notoriedade destes bens patrimoniais do Concelho de Oleiros.

Comentar