Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Julho 21, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Mil pessoas de Idanha-a-Nova formam Laço Azul contra maus tratos na infância

Mil pessoas de Idanha-a-Nova formam Laço Azul contra maus tratos na infância
José Lagiosa

Um conjunto de 1000 pessoas do concelho de Idanha-a-Nova juntaram-se para formar um Laço Azul Humano, na terça-feira, 30 de abril, para sensibilizar para a prevenção dos maus tratos na infância.

A atividade foi promovida pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Idanha-a-Nova no âmbito da campanha contra os maus tratos infantis – Laço Azul – tendo juntado crianças de todo o concelho, pais e avós, professores e educadores, Câmara Municipal, Juntas de Freguesia, Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento, GNR, entre outras instituições públicas e privadas.

A ação decorreu no campo de futebol da Escola Básica e Secundária José Silvestre Ribeiro e ficou também marcada pela oferta de uma Manta dos Afetos ao Município de Idanha-a-Nova e outra ao Agrupamento de Escolas, peças criadas pelas mãos das crianças e dos utentes do Espaço Sénior de Idanha-a-Nova.

Armindo Jacinto, presidente da autarquia associou-se às atividades e recebeu a Manta dos Afetos

Abril é o “Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância” e a CPCJ de Idanha-a-Nova associa-se assim, mais uma vez, a esta campanha de sensibilização promovida pela Comissão Nacional de Crianças e Jovens em Risco.

A campanha tem como principal objetivo a consciencialização das famílias e de toda a comunidade para a importância da prevenção dos maus tratos na infância e juventude.

Iniciativa realizada no âmbito do projeto Nova Escola do Mundo Rural financiado por Portugal Inovação Social, Programa Operacional da Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e UE – Fundo Social Europeu.

Comentar