15.4 C
Castelo Branco
Terça-feira, Outubro 19, 2021
No menu items!
InícioInternacionalSegura recebe visita do Ministro do Ambiente ao Parque Natural do Tejo...

Segura recebe visita do Ministro do Ambiente ao Parque Natural do Tejo Internacional

O Centro de Interpretação da Biodiversidade, em Segura, no concelho de Idanha-a-Nova, foi escolhido para receber a celebração do 2º aniversário do Projeto Piloto para a Gestão Colaborativa do Parque Natural do Tejo Internacional.

A cerimónia, que decorreu no dia 19 de junho, contou com a presença do Ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, e da Secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Célia Ramos.

Na qualidade de anfitrião, Armindo Jacinto, presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, destacou a importância do Parque Natural do Tejo Internacional (que abrange áreas do concelho de Idanha-a-Nova, Castelo Branco e Vila Velha de Ródão) ter sido pioneiro na implementação deste novo modelo de gestão colaborativa das áreas protegidas.

“Em Idanha consideramos que a melhor forma de preservar o património é transformá-lo em criação de riqueza e emprego, envolvendo a população nesse processo”, afirmou Armindo Jacinto, que realça os três selos UNESCO que alberga Idanha-a-Nova, designadamente Geoparque Mundial, Reserva da Biosfera e Cidade Criativa da Música.

Em nome do Governo, o Ministro do Ambiente adiantou que “não podíamos estar mais satisfeitos com o trabalho realizado no Tejo Internacional” e que este modelo de gestão vai mesmo ser alargado a zonas protegidas de todo o país.

Recorde-se que o Projeto Piloto para a Gestão Colaborativa do Parque Natural do Tejo Internacional envolve o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, os Municípios de Idanha-a-Nova, Castelo Branco e Vila Velha de Ródão, o Instituto Politécnico de Castelo Branco, a Associação Empresarial da Beira Baixa e a Quercus – Associação Nacional para a Conservação da Natureza.

Esta comemoração proporcionou ainda a apresentação da Rota Internacional Via da Estrela – Caminho de Santiago e do Passaporte Idanha-a-Nova, projetos diferenciadores que aliam os recursos patrimoniais ao desenvolvimento do território.

A Rota Internacional Via da Estrela – Caminho de Santiago é um percurso que nasce em Cáceres, Espanha, e entra em Portugal por via da ponte de Segura.

No concelho de Idanha-a-Nova passa ainda por Zebreira, Alcafozes, Idanha-a-Velha e Medelim, maioritariamente por caminhos rurais, seguindo em direção ao concelho vizinho de Penamacor e por Portugal acima até Santiago de Compostela.

O Passaporte Idanha-a-Nova é um produto turístico inovador que concede acesso aos espaços da Rede Museológica de Idanha-a-Nova e dá a conhecer de forma integrada o património material e imaterial deste território.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: