Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Dezembro 11, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

CIMBB lança APP para explorar Beira Baixa

CIMBB lança APP para explorar Beira Baixa
José Lagiosa
Pub

A Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB) lançou uma aplicação para dispositivos móveis (App) no âmbito da sua estratégia de promoção da Beira Baixa “Beira Baixa: 3 Dias. 3 Experiências”.

 “Visit Beira Baixa”, assim se designa a app, pretende reforçar a visibilidade e notoriedade turística da Beira Baixa e já se encontra disponível para descarregar para Android e IOS bastando para isso aceder à Google Play ou Apple Store .

As principais vantagens desta aplicação são:

– acesso a informação sobre locais e empresas que proporcionam experiências, hotéis, restaurantes e pontos de interesse que irão ajudar os utilizadores a explorar da melhor forma o que a Beira Baixa tem de melhor para oferecer;

– em cada ponto de interesse localizado no mapa está disponível informação completa com morada, contactos e descrição do respetivo local;

– conforme a localização do utilizador é lhe fornecida informação dos pontos de interesse mais próximos e a distância a que se encontram num mapa interativo;

– é multilíngue, para já encontra-se disponível em português/espanhol;

– natureza, cultura, gastronomia, alojamento, eventos e experiências tudo reunido numa aplicação móvel de forma rápida e intuitiva.

Localizados no centro do país, junto à fronteira com Espanha, os seis concelhos pertencentes à CIMBB – Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão- podem começar a ser explorados por aqui.

Com a “Visit Beira Baixa” pode aceder a múltiplas experiências e ficar a conhecer o que cada concelho tem para oferecer para preparar da melhor forma um eventual passeio ou visita ao coração da Península Ibérica.

*O projeto “Beira Baixa: 3 dias, 3 experiências” é cofinanciado pelo Centro2020, Portugal2020 e União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Comentar