Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Outubro 15, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Mercado Municipal de Proença-a-Nova estreado esta quinta-feira

Mercado Municipal de Proença-a-Nova estreado esta quinta-feira
José Lagiosa

O Mercado Municipal de Proença-a-Nova abriu pela primeira vez ao público esta quinta-feira, 11 de julho, depois da realização das obras de requalificação que decorreram durante o primeiro semestre deste ano.

A alteração da disposição das bancas, que agora ocupam o centro do edifício, e a circulação dos consumidores pelas laterais são as alterações que mais se destacam, numa obra que pretendeu modernizar o espaço e integrá-lo na malha urbana da vila.

“Ainda estão programadas mais algumas intervenções, como a colocação de uma pala no telhado do edifício, para minimizar o impacto do sol no interior, principalmente nos produtos expostos, tendo em conta que a claraboia do corredor central, com vidro duplo e mais eficiente termicamente, deixa entrar mais luz. Foram ainda colocadas telhas brancas que refratam os raios solares para não injetar calor dentro da infraestrutura já que os ganhos energéticos e o conforto térmico foram preocupações subjacentes a esta requalificação”, afirma João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova que passou pelo Mercado Municipal para ouvir dos vendedores as primeiras impressões.

 “Estão criadas as condições para usufruirmos deste espaço revitalizado, traduzindo nele os nossos recursos endógenos, havendo a possibilidade do uso diário do espaço, assim queiram os vendedores”, considera.

Inaugurado oficialmente no Dia do Município, que incidiu na temática da economia circular e dos seus contributos para a sustentabilidade ambiental, o arquiteto Mário Benjamim, responsável pelo projeto, apontou as opções realizadas, que contribuíram para dignificar o edifício, que se destaca na malha urbana.

“Este projeto foi, sobretudo, uma reestruturação de um equipamento já existente para lhe dar uma nova imagem e uma nova dinâmica e criar alguma sinergia no próprio edifício. A principal alteração foi criar uma mobilidade externa que permitisse uma maior atratividade e o bem-estar a quem aqui traz os seus produtos para venda”, referiu na ocasião.

No exterior, estão ainda a decorrer as obras de requalificação da Praceta Frei Rodrigo Egídio, contígua ao Mercado Municipal e ao conjunto de edifícios com espaços comerciais e serviços públicos.

A recolocação dos lojistas nos espaços comerciais só estará concluída no final do mês de julho, havendo ainda lojas disponíveis que serão colocadas em hasta pública, sendo que os valores vão ainda ser definidos pela Câmara Municipal e publicitados.

Comentar