Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Outubro 13, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Sophia em Coimbra – Da Praia da Granja ao Panteão

Sophia em Coimbra – Da Praia da Granja ao Panteão
José Lagiosa

Galeria Santa Clara, 2 de julho, terça-feira, às 18 horas

“Da Praia da Granja ao Panteão” é o tema com que a Alma Azul recorda a Vida e Obra de Sophia de Mello Breyner Andresen, hoje dia 2 de julho, às 18 horas, na Galeria Santa Clara, em Coimbra.

Os seus Itinerários pessoais e de escrita, numa abordagem à sua infância na Praia da Granja, com Leituras de fragmentos dos seus contos “A Menina do Mar” e “Homero”; o seu primeiro livro “Poesia” publicado em Coimbra, em 1944; as suas viagens com Eugénio de Andrade e Agustina Bessa-Luís, a sua luta pela liberdade, e a homenagem póstuma, no Panteão Nacional, a 2 de julho de 2014, serão os temas.

Sophia de Mello Breyner Andresen (ao centro) na sua juventude

Mas a sessão de hoje, em Coimbra, data do falecimento de Sophia de Mello Breyner Andresen, em 2004, convocará ainda Herberto Helder e o seu ácido texto sobre Coimbra e Sophia, mas também imagens e os textos políticos de Sophia que se apresentam ainda cheios de atualidade.

Textos escritos antes e depois da Revolução do 25 de Abril.

“Da Praia da Granja ao Panteão” é um pequeno ensaio informal e criativo sobre Sophia de Mello Breyner Andresen que nasceu em 1919, no Porto, dirigido especialmente a leitores habituados ao esplendor da linguagem, bela definição da Poesia, como a autora a descreveu num dos seus contos exemplares.

A sessão é gratuita e aberta a todos os interessados, e conta com o apoio exclusivo da Galeria Santa Clara

Comentar