Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Setembro 19, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Faturação da água do mês de julho será gratuita para todos os Vilarregenses das aldeias afetadas pelo incêndio

Faturação da água do mês de julho será gratuita para todos os Vilarregenses das aldeias afetadas pelo incêndio
José Lagiosa

Face aos elevados consumos de água registados no mês de julho em Vila de Rei, grande parte utilizada para o combate aos incêndios que despoletaram no concelho entre 20 e 22 de julho, o executivo camarário aprovou por unanimidade, em reunião ordinária realizada a 2 de agosto, a isenção total da faturação de água do mês de julho, refletida na fatura do mês de agosto.

Esta medida é válida para todas as povoações das freguesias de Fundada e São João do Peso, e para as povoações de Relva, Eira, Casal Formoso, Fundo da Lameira, Borreiros, Casal Cimeiro, Vale da Urra, Várzeas, Eira Velha, Aldeia do Couço, Portela do Curral, Salavisa, Ladeira, Palhota, Almofala, Fonte Boa, Quinta das Laranjeiras e Boafarinha da freguesia de Vila de Rei.

Os incêndios, que destruíram a área florestal e culturas de cerca de 20% do concelho e colocaram em risco as respetivas habitações, levaram a que a população fosse obrigada a recorrer à água da rede pública para os combater, fazendo com que os consumos disparassem para valores muito acima dos habitualmente registados nesta época do ano.

O presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Ricardo Aires, afirmou que “aguarda que o Estado seja sensível à situação que o Concelho viveu e que sejam adotadas medidas semelhantes às aplicadas no Incêndio de Pedrogão Grande no ano de 2017. O Município decidiu avançar com este apoio que, com a não cobrança da respetiva fatura de água no mês de agosto, que diz respeito ao consumo realizado no mês de julho, pretende atenuar os sacrifícios realizados pelos Vilarregenses durante os incêndios.”

Comentar