Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Dezembro 7, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

É UM RESTAURANTE e é um projeto social com um sabor muito especial

É UM RESTAURANTE e é um projeto social com um sabor muito especial
José Lagiosa

Não damos comida, ensinamos a cozinhar…mas não só. Pelas mãos da Associação CRESCER, esta iniciativa dá formação e cria oportunidades de emprego a pessoas em situação vulnerável

A Associação CRESCER, fundada em 2001, atua desde então na área de intervenção comunitária na cidade de Lisboa.

O seu mais recente projeto, É UM RESTAURANTE, vem no seguimento de outras iniciativas como É UMA RUA, É UMA CASA, Lisboa Housing First ou É UMA VIDA, entre outras intervenções que a associação tem vindo a desenvolver com vista à inclusão e melhoria da qualidade de vida de pessoas em situação vulnerável.

O É UM RESTAURANTE é exactamente isso, um restaurante, e é agora uma realidade que tem como objetivo dar formação e criar oportunidades de emprego na área da restauração, a pessoas em condição de sem abrigo.

Sala do restaurante É UM RESTAURANTE

A Associação CRESCER, fundada em 2001, atua desde então na área de intervenção comunitária na cidade de Lisboa.

O seu mais recente projeto, É UM RESTAURANTE, vem no seguimento de outras iniciativas como É UMA RUA, É UMA CASA, Lisboa Housing First ou É UMA VIDA, entre outras intervenções que a associação tem vindo a desenvolver com vista à inclusão e melhoria da qualidade de vida de pessoas em situação vulnerável.

O É UM RESTAURANTE é exactamente isso, um restaurante, e é agora uma realidade que tem como objetivo dar formação e criar oportunidades de emprego na área da restauração, a pessoas em condição de sem abrigo.

A ideia que nasceu em 2016, cresce agora com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, que está ao lado da CRESCER desde o seu início, e que cedeu o espaço, além da sua contribuição financeira para a viabilização do projeto.

Mas conta também com outros parceiros, como a Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa (EHTL), com o importante contributo a nível formativo, o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), entidade promotora da formação, o Instituto da Segurança Social, IP (ISS,IP), que contribui com apoio técnico e financeiro para os recursos humanos afetos ao projeto, e a Stavros Niarchos Foundation e o WiZink Bank que contribuem para a implementação do projeto, entre várias outras entidades solidárias que quiseram apoiar e ajudar a tornar esta ideia uma realidade, como a SIC Esperança que atribuiu à Associação um Prémio Especial 15 anos SIC Esperança – Delta em 2018, o que possibilitou a aquisição do equipamento de cozinha.

Prato confecionado e servido no restaurante

Com uma missão muito clara de grande consciência e relevância social, esta iniciativa é liderada por Américo Nave, diretor executivo da CRESCER, e conta com a curadoria do chef Nuno Bergonse, que desenvolveu todo o conceito gastronómico e que, estando presente desde o início, apadrinha esta causa. Casual fine dining, comida de conforto e de partilha, com alguma sofisticação, e enquadrada na vida da cidade onde se encontra, é a proposta do jovem chef, que conta já com reconhecida experiência.

O espaço, o ambiente e o serviço, acompanham esta tendência e convidam a uma experiência gastronómica, com um sabor especial…

É no número 56 da Rua de São José, mesmo ao lado da artéria mais cosmopolita da capital que tudo ganha forma.

Mas o projeto inicia-se a montante, com o trabalho dos profissionais especializados da equipa técnica multidisciplinar da CRESCER que, junto da comunidade, desenvolvem o trabalho de seleção dos beneficiários que o projeto acolhe, num total previsto de 40 pessoas por ano.

Numa primeira fase, a formação é dada pela associação, numa vertente comportamental e relacional para, de seguida, na EPHTL iniciarem a formação técnica de cozinha e sala. Estes conhecimentos são depois postos em prática no “É UM RESTAURANTE”, de forma faseada e com horários parciais, uma vez que se trata de pessoas em situações muito fragilizadas que necessitam de, passo a passo, voltar a acreditar.

Aqui, durante 6 meses, usufruem de uma formação continuada e acompanhada por um chef executivo e um chef de sala experientes na área, que completam a equipa do É UM RESTAURANTE.

Este percurso é apenas o início de uma nova vida, ou assim é o objetivo desta iniciativa.

Chef David acompanhado pelo conhecido Chef Nuno Bergonse

Capacitar estas pessoas e ajudá-las a ganhar competências que continuarão a desenvolver no passo seguinte, num estágio em vários restaurantes parceiros em Lisboa, com vista à integração no mercado de trabalho, é o caminho para o sucesso desta aposta da Associação CRESCER.

O É UM RESTAURANTE é um projeto ambicioso e com objetivos bem definidos, que abarca, por um lado, uma estratégia de inclusão social inteligente, que proporciona formação e trabalho a pessoas que vivem ou viveram em situação de sem abrigo, e por outro um restaurante de conceito para um público cada vez mais exigente, com uma carta de autor, um ambiente e estilo próprios, numa das zona mais prestigiadas de Lisboa.

Mas no fim, e no início, É UM RESTAURANTE.

Inaugurado a 26 de setembro, e aberto ao público desde 1 de Outubro, esta iniciativa da Associação CRESCER, que tem como embaixador o chef Nuno Bergonse, conta ainda com o apoio de vários outros parceiros: Delta Cafés, Makro, Fundação Ageas, Fundação Montepio, Estúdio Jaca, Prochef, L’Vivo, Adega Mayor, Monte da Raposinha, c2catering, Bimby, Crack Kids, Wock, Celeste Machado, The Hotel, e Chefs Agency.

Fotos: @Arlindo Camacho

Comentar