Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Fevereiro 24, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Jorge de Sena e Adília Lopes no Outono de Livros da Alma Azul

Jorge de Sena e Adília Lopes no Outono de Livros da Alma Azul
José Lagiosa

Integradas no Outono de Livros 2019 e no centenário do nascimento de Jorge de Sena (2 de novembro 1919), a Alma Azul promove em Alcains duas sessões literárias.

A primeira, no dia 2, sábado, às 21 horas, com um “Banquete Platónico”, dedicado a Jorge de Sena.

A sessão terá o modelo de “O Banquete”, de Platão e como texto na mesa a Alma Azul escolheu o célebre discurso de Jorge de Sena no Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, de 1977, que se realizou na cidade da Guarda, a convite do alcainense General Ramalho Eanes, então Presidente da República Portuguesa.

Jorge de Sena e Eugénio de Andrade

Jorge de Sena regressou a Portugal, nessa cerimónia solene, para falar de Luís de Camões, de quem era um dos grandes especialistas.

Recordamos que Jorge de Sena viveu grande parte da sua vida fora do país por questões políticas, no Brasil e depois nos Estados Unidos, onde faleceu a 4 de junho de 1978, com apenas 59 anos.

O “Banquete Platónico – Jorge de Sena” terminará com a Leitura do poema: “Camões Dirige-se aos Seus Contemporâneos”, que a Alma Azul editou no Livro de Cabeceira da Poesia Portuguesa, em novembro de 2002.

Para participar no “Banquete Platónico – Jorge de Sena” é necessário uma inscrição prévia, através do alma.azul.1999@gmail.com

No dia 3, domingo, a Alma Azul promovea distribuição de um Diploma de Conhecimento Adília Lopes, pela Vila de Alcains.

Adília Lopes em jovem

Durante a manhã, a Alma Azul visitará cafés e espaços abertos ao público.

Serão ainda distribuídos convites para a sessão de Leituras e uma Conversa Comunitária, a realizar às 17 horas, no Salão Alma Azul, dedicada à Obra Poética de Adília Lopes, uma das maiores poetas de Língua Portuguesa, com várias crónicas sobre Penamacor, de onde era natural o seu pai, e onde a autora passava férias na infância, na casa de sua avó, que ela descreve com candura em algumas das suas crónicas.

Esta iniciativa encerra o Programa “Outono de Livros 2019”, que a Alma Azul realiza anualmente entre a cidade de Coimbra, primeira sede da Alma Azul e a vila Alcains, para onde deslocou a sede da produtora de atividades culturais, escolhendo o Interior como território prioritário do seu trabalho.

Comentar