11.7 C
Castelo Branco
Sábado, Abril 17, 2021
No menu items!
Início Desporto Federação de Desportos de Inverno de Portugal distingue campeões nacionais na Covilhã

Federação de Desportos de Inverno de Portugal distingue campeões nacionais na Covilhã

A Pousada de Juventude Serra da Estrela, na Covilhã, foi o palco escolhido pela Federação de Desportos de Inverno de Portugal para, no próximo sábado, dia 16 de novembro, pelas 19h00, consagrar os campeões nacionais da temporada 2018/19, nas modalidades de Esqui Alpino- Slalom e Snowboard Cross.

Numa cerimónia que contará com a presença do secretário de Estado João Paulo Rebelo, a FDI-Portugal distinguirá os campeões nacionais nos seguintes escalões:

Esqui Alpino- Slalom

GERAL MASCULINO – Manuel Ramos 

GERAL FEMININO – Catarina Carvalho 

SÉNIOR MASCULINO – Ricardo Brancal 

U16 MASCULINO – Lourenço Simões 

U14 FEMININO – Marta Carvalho 

U12 MASCULINO – Gustavo Tavares 

U10 FEMININO – Catarina Curto

Snowboard Cross 

OPEN MASCULINO – Ricardo Lopes 

M40 MASCULINO – Alex Azevedo

A FDI-Portugal irá também agraciar algumas personalidades que contribuíram para o sucesso da época transata, nomeadamente, o secretário de Estado da Juventude e Desporto João Paulo Rebelo como Personalidade do Ano 2019, o treinador de Hóquei no Gelo Jim Aldred como Treinador do Ano, o esquiador Manuel Ramos como Atleta do Ano, o snowboarder adaptado Pedro Herdeiro como Atleta Revelação do Ano, o Ski Clube de Portugal como Clube do Ano, e o pai da atleta internacional Vanina de Oliveira, YannickGuerillot como Pai do Ano.

Pedro Farromba, presidente da FDI – Portugal, sublinha o peso simbólico desta cerimónia que vai além do reconhecimento dos campeões:   “Este evento para além do simbolismo que contém com a entrega dos títulos de Campeões Nacionais é uma celebração do esforço e da superação que muitos atletas tiveram na época passada. É um momento de união da família dos desportos de Inverno onde celebramos o crescimento das modalidades que a FDI-Portugal tutela e onde podemos agradecer, de forma simbólica, a todos os que, ao longo da época passada, contribuíram para o engrandecimento das nossas modalidades”.

Refira-se que há registos que apontam para a introdução do esqui em Portugal por volta de 1918.

A partir de 1933 começaram a ser organizadas, com caráter regular, as primeiras competições, o que também resultou nas primeiras participações pontuais de atletas portugueses em olimpíadas de inverno.

No entanto, apenas na última década do século XX, mais concretamente a 15 de maio de 1992, é que foi criada uma federação responsável pela regulamentação dos desportos de inverno em Portugal: a Federação de Desportos de Inverno de Portugal (FDI-Portugal).

A autoridade portuguesa em matéria de desportos relacionados com a neve, filiada na Federação Internacional de Esqui.

Uma organização sem fins lucrativos, dotada de estatuto de utilidade pública desportiva, com sede na Covilhã, que tem como principais objetivos promover, regulamentar e dirigir, a nível nacional, a prática de desportos relacionados com a neve, nas vertentes formativa, desportiva e cultural. 

Cabe também à FDI-Portugal representar o seu conjunto de modalidades desportivas, junto das organizações desportivas nacionais e internacionais.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: