Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Novembro 12, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Celia Cervino Ruiz Campeã no Lousada Indoor Open II

Celia Cervino Ruiz Campeã no Lousada Indoor Open II
José Lagiosa

Do qualifying ao título

Pode parecer um argumento de um filme romântico mas não, é a história real da espanhola Celia Cervino Ruiz no Lousada Indoor Open.

Na final de hoje, a tenista de Pontevedra entrou mal, perdendo o primeiro set por um expressivo e anormal 6-0, mas, depois, acreditou que podia alterar o rumo dos acontecimentos ante a favorita romena, Ioana Rosca, segunda cabeça de série, e fez a chamada “remontada”.

Um break logo a abrir o segundo set mostrou a determinação de Celia, tenista que foi obrigada a disputar a fase de qualificação, mas que foi evoluindo, ronda após ronda, até chegar até aqui: “estou muito feliz, nunca desisti e acreditei sempre que podia ganhar a final mesmo depois de ter perdido o primeiro set por 6-0”, começou por dizer a espanhola, concluindo, emocionada:“quero dedicar este título aos meus treinadores Tozé Pinto, Chipi Agrelo, Chapela e David Rodriguez, do Clube de Ténis de Pontevedra e aos meus pais”.

Celia Cervino Ruiz no match point

A valentia da espanhola foi uma constante e só uma força mental enorme fez com que retomasse as rédeas do encontro.

Começou logo com um break no primeiro jogo, chegou rapidamente ao 4-1, viu a romena empatar a 4 jogos, seguiram juntas para o tie break, altura em que Cervino Ruiz foi mais consistente e acabou por fechar o jogo decisivo por 7-5 a seu favor.

No terceiro e decisivo parcial, Celia aproveitou o desnorte de Rosca para se adiantar logo no primeiro jogo, quebrando o serviço da romena, numa clara prova de mais confiança, rapidamente chegou ao 5-1, altura em que se viu uma reacção de Ioana Rosca, que, o máximo que conseguiu, foi aproximar-se, com o 3-5.

Naquele que viria a ser o último jogo, Celia Cervino Ruiz conseguiu mesmo surpreender tudo e todos aproveitando a dupla falta da adversária para concluir a final por 0-6, 7-6 (5) e 6-3 ao cabo de 2 horas e 7 minutos.

Com este triunfo, a espanhola levou para casa a fatia maior do prize money, cerca de 2300€, ao passo que Ioana Rosca arrecadou 1000€.

Comentar