Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Novembro 12, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Trânsito de Mercúrio pode ser visto no Observatório Geofísico e Astronómico da UC

Trânsito de Mercúrio pode ser visto no Observatório Geofísico e Astronómico da UC
José Lagiosa

O Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra (no alto de Santa Clara) vai estar de portas abertas, na próxima segunda-feira, dia 11, para quem quiser observar o trânsito de Mercúrio – raro fenómeno astronómico em que o planeta Mercúrio passa à frente do Sol, durante cerca de cinco horas e meia.

O trânsito terá início às 12h34, terminando às 18h05.

Com os telescópios do Observatório, devidamente equipados com filtros solares, será possível “ver Mercúrio passando lentamente à frente do Sol, como se fosse a cabeça de um alfinete sobre uma bola de ténis”, explica Nuno Peixinho, professor e investigador da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.

Trânsito de Mercúrio

“Porém, dado o Sol deitar-se às 17h20, a fase final do trânsito já não é observável em Coimbra. A observação direta deste fenómeno, com os nossos telescópios, está sujeita às condições meteorológicas de dia 11, e esperemos que São Martinho colabore dando-nos um dia pouco nublado. Evidentemente que não deixaremos de seguir o evento pela internet para que possamos ver, também, o momento final em que Mercúrio sai da frente do Sol”, acrescenta.

Um trânsito de Mercúrio – fenómeno que Galileu Galilei nunca conseguiu observar – foi registado pela primeira vez a 7 de novembro de 1631, por Pierre Gassendi.

O último ocorreu a 9 de maio de 2016, tendo sido acompanhado igualmente no Observatório Geofísico e Astronómico da Universidade de Coimbra.

E a oportunidade para observar o da próxima segunda-feira é realmente rara: o trânsito de Mercúrio seguinte só vai ocorrer daqui a 13 anos, em 2032.

Comentar