Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Junho 2, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Cooperação entre o IPCB e a Unizambeze: Um caso de sucesso

Cooperação entre o IPCB e a Unizambeze: Um caso de sucesso
José Lagiosa

O ano de 2019 marcou o sucesso da cooperação entre o Politécnico de Castelo Branco e a Universidade Zambeze, localizada na Beira, em Moçambique.

Após a assinatura de um protocolo de cooperação em 2015 foi iniciada a lecionação em Moçambique do mestrado em Construção Sustentável e ainda a formação de docentes e técnicos de laboratório da Unizambeze no IPCB.

Nesse sentido, o IPCB recebeu em junho dois docentes e dois técnicos da Unizambeze, das áreas de Engenharia Civil e de Mecatrónica, que realizaram formação nos laboratórios das Unidades Técnico-científicas (UTC) de Engenharia Civil e de Engenharia Electrotécnica e Industrial da Escola Superior de Tecnologia.

A visita teve a duração de 45 dias, durante os quais os docentes e técnicos estiveram envolvidos em formação, atividade laboratorial e outras atividades pedagógicas que decorreram na instituição, sempre sob a orientação de docentes da ESTCB.

Parceria IPCB e a Universidade Zambeze

Em dezembro de 2019 foram realizadas, em Moçambique, as últimas provas públicas para a obtenção do grau de mestre em Construção Sustentável.

Sete novos mestres juntam-se aos quatro que concluíram o curso com sucesso em 2018.

É de se assinalar a diversidade dos temas abordados nos trabalhos de conclusão de curso, embora com alguns aspetos em comum: a sustentabilidade e o contributo para o desenvolvimento da região moçambicana onde se localiza a Beira.

Assim, foram realizados trabalhos nas áreas dos materiais, das tecnologias tradicionais, das patologias, do desempenho energético, do conforto térmico, da caracterização construtiva, da segurança contra incêndios, do abastecimento de água e do tratamento de águas residuais.

Todos estes aplicados a casos de estudo localizados na cidade da Beira, no Dondo, no Chimoio, na Gorongosa, etc.

O sucesso desta parceria permitiu a formação de quadros técnicos e profissionais especializados em Moçambique, assim como a formação dos próprios docentes da Instituição, visto que seis dos estudantes que concluíram o curso são docentes nos cursos de Arquitetura e de Engenharia Civil da Unizambeze.

A obtenção destes resultados só foi possível com o envolvimento dos docentes da ESTCB-IPCB, que lecionaram em Moçambique ou através de ensino a distância, nomeadamente da UTC de Engenharia Civil.

O esforço foi legitimamente compensado pela satisfação em atingir os objetivos inicialmente traçados, contribuindo de forma significativa para o crescimento da Unizambeze, da Beira e de Moçambique, assim como aprendendo com os colegas novas realidades e desafios a enfrentar.

Comentar