Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Dezembro 11, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Pêro Viseu recebeu palestra sobre “Natal Pagão e Natal Cristão”

Pêro Viseu recebeu palestra sobre “Natal Pagão e Natal Cristão”
José Lagiosa

A Real Associação da Beira Interior, organizou no dia 30 de Novembro, uma palestra subordinada ao tema “Natal Pagão e Natal Cristão”.

O orador convidado foi o cronista, teólogo, professor e historiador Florentino Vicente Beira, os músicos convidador foram a Solange Sousa Branco e o Tom Hamilton.

O evento teve o apoio da Junta de Freguesia de Pêro Viseu e decorreu no edifício da Junta de Freguesia de Pêro Vise.

Na Mesa esteve o orador, os músicos, o presidente da Junta de Freguesia de Pêro Viseu, Pedro Mesquita, o vice-Presidente da Real Associação da Beira Interior, Luís Duque-Vieira e o associado da Real Associação da Beira Interior, Carlos Vaz-Pardal.

O Natal é a festa da família e das crianças, festa com tradição, mas não representa apenas o nascimento de Jesus de Nazaré, pois não nasceu em 25 de Dezembro, a festa é de origem pagã, já era festejada pelos Celtas e pelos romanos.

A festa de Natal, era a festa do Solstício de Inverno, festa relacionada com as colheitas, com o renascer, onde se prestava culto a uma divindade da Antiguidade e onde eram acesas várias fogueiras.

A Fogueira de Natal – o Madeiro vem de uma tradição pagã da Antiguidade, que hoje ainda se nota em terras da Beira-Baixa.

O Madeiro é uma ligação da natureza e do homem, efectivamente o Madeiro poderia ser considerado Património Mundial pela UNESCO.

O Evangelho de São Mateus, refere-se ao nascimento de Jesus de Nazaré. Mais tarde no Século IV a Festa do Sol Invictus é substituída pela Festa do nascimento de Jesus de Nazaré.

Na Idade Média, São Francisco de Assis no Século XIII, cria o Presépio, onde se coloca a natureza em comunhão com o homem, onde se retrata o nascimento de Jesus de Nazaré.

Na Idade Moderna com a Reforma Protestante, o Natal continua a ser festejado por estes cristãos, mas não é uma Festa com grande importância como é para os Católicos de Roma.

Variada é a gastronomia Natalícia, onde nesta altura também se trocam prendas, onde aparecem Árvores de Natal e Presépios.

O Pai Natal que foi criado no Século XX nos Estados Unidos da América, de certo modo esta personagem assemelha-se a São Nicolau (divindade católica referente ao Natal), que foi Bispo de Mira no Século IV.

Durante a palestra actuou Tom Hamilton com a sua viola, onde Solange Sousa Branco, cantou 5 músicas: duas de Natal, uma de Natal em Inglês, uma celta e a Senhora do Almurtão.

Comentar