Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Janeiro 20, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Última sessão do ano dos Cafés Com Ciência destaca religiões

Última sessão do ano dos Cafés Com Ciência destaca religiões
José Lagiosa

A última sessão de Cafés Com Ciência de 2019 decorrerá a 17 de dezembro no SerQ – Centro de Inovação de Competências da Floresta, a partir das 18 horas.

Dinamizada por João Gouveia Monteiro, Professor Catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, a sessão terá como temática “As três grandes religiões mundiais: Cristianismo, Islão e Hinduísmo. Que fundamentos? Que diálogo? Que futuro?”.

Irá propor uma revisitação sintética do percurso das três religiões que, hoje, contam com um maior número de adeptos em todo o mundo: o Cristianismo, o Islão e o Hinduísmo.

São três histórias contrastantes, mas com alguns denominadores comuns. Tentar-se-á explicar a sua origem, os seus principais valores e as razões do seu sucesso.

Estarão também em análise os requisitos necessários a um diálogo inter-religiões assim como o problema dos fundamentalismos.

João Gouveia Monteiro é Professor Catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, onde lecciona História da Antiguidade Clássica, História da Idade Média, História Militar, História das Religiões e Matrizes Medievais e Modernas da Cultura Europeia.

Desde julho de 2019 é também director da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra.

É autor de 20 livros, coordenou a equipa que trabalhou no Campo Militar São Jorge/Aljubarrota (1995 a 2001), de que resultou o livro “Aljubarrota Revisitada”.

Entre outros cargos, João Gouveia Monteiro foi pró-reitor para a Cultura na Universidade de Coimbra (2003-2007), presidente da Comissão Científica de História (2000-2001) e é membro fundador e actual presidente da Associação Ibérica de História Militar (séculos IV-XVI).

Os “Cafés com Ciência-Sertã” são conversas informais sobre ciência, abertas a todas as idades, promovidas pelo SerQ em parceria com Município da Sertã e o Exploratório – Centro de Ciência Viva de Coimbra.

Regressarão em 2020 em data a divulgar em breve.

Comentar