11.1 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Abril 19, 2021
No menu items!
Início Cultura Miguel Lobo Antunes na Fábrica da Criatividade em Castelo Branco

Miguel Lobo Antunes na Fábrica da Criatividade em Castelo Branco

21 de janeiro, terça-feira, às 18 horas

Miguel Lobo Antunes é o primeiro convidado das Conversas Comunitárias no Século Vinte e Um que a Alma Azul dinamiza em parceria com a Fábrica da Criatividade e o apoio da Câmara Municipal de Castelo Branco.

Uma vez por mês, na Fábrica da Criatividade ou em Alcains, as Conversas Comunitárias no Século Vinte e Um promovem o encontro entre uma personalidade de relevo da vida social portuguesa, para de forma informal e com o envolvimento dos presentes se debaterem assuntos relevantes do século em que vivemos.

O projeto pretende ainda acentuar a importância dos encontros pessoais para se sustentarem e desenvolverem discussões que em plataformas digitais, seja através da opinião ou da informação, todos partilhamos nas redes sociais.

O Ciclo de Conversas Comunitárias apresentará também novas formas de comunicar, seja através da escolha criteriosa dos temas; seja na abordagem que desejamos criativa, para enriquecer e estimular os encontros interpessoais; que terão depois outros canais de transmissão, segundo o interesse e a vocação de cada um dos participantes.

Miguel Lobo Antunes, licenciado em direito, é pioneiro da programação e da gestão cultural em Portugal, com um currículo invejável quando se analisam as últimas décadas da cultura portuguesa.

Miguel Lobo Antunes

Como gestor e programador trabalhou no Instituto Português do Cinema, na Europália, no Centro Cultural de Belém, e na CULTURGEST, entre outras instituições e projetos.

Todo um percurso extraordinário na área da cultura sobre o qual vamos conversar no próximo dia 21, terça-feira, às 18 horas, na Fábrica da Criatividade, em Castelo Branco.

As Conversas Comunitárias continuam em fevereiro, em Alcains, com Jorge Gouveia Monteiro, antigo vereador do urbanismo da CM de Coimbra que exerceu também funções de diretor nos Serviços de Ação Social da Universidade, foi um dos fundadores da Associação “Gatos Urbanos” e é atualmente responsável dos Cidadãos Por Coimbra.

Em março, e para assinalar o Dia Mundial da Árvore, as Conversas Comunitárias no Século Vinte e Um recebem a diretora-adjunta do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra, Ana Cristina Pessoa Tavares.

A participação nas Conversas Comunitárias é gratuita e está aberta a todos os interessados.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: