Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Fevereiro 24, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Lista de Fernando Raposo às eleições na Concelhia do PS em Castelo Branco vai a votos

Lista de Fernando Raposo às eleições na Concelhia do PS em Castelo Branco vai a votos
José Lagiosa

À terceira foi de vez!

Depois de chumbada duas vezes, a terceira versão da lista encabeçada por Fernando Raposo às eleições para a Comissão Política Concelhia do Partido Socialista, foi aceite e validada, anunciou o candidato, em conferência de Imprensa, ao final da tarde de ontem.

Após um breve resumo de todas as tentativas de inviabilizar a ida às urnas da lista encabeçada pelo histórico militante do partido, foi finalmente divulgada a versão final da lista, sem que o candidato, Fernando Raposo e o seu mandatário, Valter Lemos, tecessem algumas considerações sobre todo o processo.

“Foi um processo atribulado e ainda não fechado, já que continua em aberto o recurso apresentado pela candidatura”, começou por referir Valter Lemos.

Logo de seguida relembrou que o Secretariado da Federação não acatou a decisão da Comissão de Jurisdição Distrital, o que considerou “um procedimento inadequado”, tanto mais que o mesmo “tem na sua composição elementos integrantes da outra lista”.

Assim sendo, na próxima 6ª feira, estarão a votos, a LISTA A, encabeçada por Arnaldo Brás e a LISTA B, cujo cabeça de lista é Fernando Raposo.

“As eleições são para ganhar”, rematou Valter Lemos.

Já Fernando Raposo, cabeça de lista, afirmou claramente que “somos homens livres e não aceitamos condicionamentos na vida partidária”.

De seguida, o candidato, teceu algumas considerações, considerando que a lista A, representa um afunilamento em torno da pessoa do presidente da Câmara.

“35 elementos, dos 39 efetivos que compõem a lista A, são dependentes da Câmara Municipal”, referiu Fernando Raposo.

Logo de seguida reforça a ideia, contabilizando esses elementos, desde “o próprio presidente, a que se juntam vereadores, presidentes de Juntas de Freguesia, funcionários da autarquia, funcionários da Albigec e dos Serviços Municipalizados, para além de outras pessoas dependentes economicamente da Câmara Municipal”.

Fernando Raposo

Esta postura obriga à “higienização da vida interna do partido”, referiu ainda o candidato.

“O que se está a passar não é normal em democracia. Isto não é bom para o PS em Castelo Branco”, acrescentou Fernando Raposo.

Finalmente e em conclusão, o agora candidato garantiu que “a discussão política interna será sempre feita, na sede do PS de Castelo Branco. Nunca no Hotel Rainha D. Amélia”.

Refira-se que o ato eleitoral interno para eleição da nova Concelhia do PS decorrerá, na próxima sexta-feira, dia 31, na sede de Castelo Branco, no Largo de São João.

Comentar