Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Abril 1, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Portugal Bike Value a caminho dos Países Baixos

Portugal Bike Value a caminho dos Países Baixos
José Lagiosa

Uma delegação de empresários ligados ao sector da mobilidade suave, liderada pela ABIMOTA, vai estar presente em Utrecht na Holanda, de 28 de fevereiro a 1 de março, participando no Bike Motion Benelux.

A presença da delegação portuguesa no Bike Motion Benelux integra-se no programa Portugal Bike Value Empresarial II, co-financiado pelo Portugal 2020, que com esta missão pretende que o setor nacional consolide a presença e reforce a capacidade e principais competências das empresas que produzem em Portugal, nos mercados Europeus.

Este é um dos principais eventos ligados ao sector da bicicleta que ocorrem no BENELUX.

Bike Motion Benelux

Segundo Gil Nadais, secretário Geral da ABIMOTA, “repetimos a nossa presença no Bike Motion Benelux, pois é um evento onde se reúnem na Holandas as principais marcas de bicicletas internacionais para apresentar os novos desenvolvimentos a nível de bicicletas, componentes e acessórios.”

Mas mais do que uma reunião de fabricantes, este é um espaço dedicado a experiências e “onde são também apresentados os mais recentes desenvolvimentos em termos de tendências do setor do ciclismo bem como as últimas inovações no uso da bicicleta como meio de transporte.” Remata o dirigente da ABIMOTA.

A presença dos empresários portugueses com o Projeto Conjunto de Internacionalização – Portugal Bike Value Empresarial II é uma forma de reforçar a competitividade das PME’s nacionais através da expansão de novos mercados de atuação, em particular no importante mercado do centro e norte da Europa.

Deve-se salientar que há uma tendência do mercado holandês para a adoção das bicicletas elétricas, que também chegou às MTBs (bicicletas de montanha), que estão a acolher um grupo cada vez maior de entusiastas que se encaixam nas características gerais do mercado na tendência de eletrificação que não dá sinais de parar.

Este fenómeno reflete-se no volume de negócios, com a venda de bicicletas elétricas urbanas a voltar a aumentar em 60% em Janeiro de 2020, sendo que as e-MTB registaram um crescimento de 30%, no mesmo período.

Esmaltina, Incycles, Interbike, Jasil, Miranda, NFTuned, Prototipe, Rodi, Tabor e Unibike são as empresas nacionais presentes

Esta evolução abre novas oportunidades para as empresas industriais portuguesas da mobilidade suave.  

Neste evento participam as seguintes empresas nacionais: Esmaltina, Incycles, Interbike, Jasil, Miranda, NFTuned, Prototipe, Rodi, Tabor e Unibike.

Comentar