14.9 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Setembro 23, 2021
No menu items!
InícioNacionalSerra da Estrela apresenta nova estratégia de promoção turística

Serra da Estrela apresenta nova estratégia de promoção turística

15 Municípios das Beiras e Serra da Estrela unidos para promover a região

“Unir-se é o começo, continuar juntos é um progresso, e trabalhar juntos é um sucesso”.

A frase do fundador da Ford Motor Company, Henry Ford, ilustra na perfeição o que acaba de nascer para a valorização do território das Beiras e Serra da Estrela.

Os municípios que compõem a Comunidade Intermunicipal mostram a importância de pensar uma região em uníssono, aproveitando o seu enorme potencial.

A apresentação da estratégia de promoção turística e da marca “Serra da Estrela – Um destino em estado puro” decorreu no dia 3 de março, no Salão Nobre da Pousada de Lisboa, na capital portuguesa, numa sessão solene que contou com a presença de quase uma centena de pessoas, e as intervenções do presidente da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, Luís Tadeu, o presidente da Entidade Regional de Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado, a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques e a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, na sessão de abertura.

O presidente da CIM BSE, Luís Tadeu, define a estratégia e a marca como “algo inovador, que demonstra a dinâmica e a vontade de um território em marcar a sua posição enquanto destino turístico.”

Salienta a proximidade geográfica da região a Lisboa e Madrid, bem como, os atrativos naturais (Percursos Pedestres e a Serra da Estrela Geopark UNESCO), culturais (património judaico e arte urbana) e gastronómicos (queijo, azeite e vinho).

Serra da Estrela apresenta nova estratégia de promoção turística Fotografia de Ruy Coelho (www.images4events.com)

Destaque, ainda, para a capacidade que os 15 municípios da região das Beiras e Serra da Estrela demonstraram em criar roteiros e circuitos turísticos intermunicipais, de duração diferenciada (1, 2 e 3 dias) e que permitem criar condições e motivos de interesse para o visitante permanecer mais tempo no território.

Já, o presidente do Turismo Centro, Pedro Machado, refere a importância das redes de cooperação entre a CIM BSE, o Turismo Centro de Portugal, o Turismo de Portugal e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional Centro.

Bem como, o aumento das dormidas (mais de 40 % entre 2014 e 2018) e das receitas diretas do turismo, quase 70 por cento no mesmo período.

A secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, lembra que “a parte mais difícil está feita porque, de facto, os ativos existem, por isso, é uma questão de trabalhar a marca sempre nesta lógica de coesão territorial.”

Por forma a, “colocar a marca no radar turístico.”

Além da importância de encontrar novas soluções, num contexto de crescimento do turismo e da necessidade de combater o “overtourism”.

A estratégia de promoção da marca “Serra da Estrela – Um destino em estado puro” contribui fortemente para a sustentabilidade.

A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, afirma que a Região do Centro está à na dianteira no que respeita à “importância do turismo, da estruturação do produto e da criação do destino”, sendo um “exemplo para todo o País”, na medida em que as Comunidades Intermunicipais são gestoras de fundos europeus na área do turismo.

“Isto coloca as Comunidades Intermunicipais da região Centro num escalão de experiência mais adiante.”

A sessão culminou com apresentação da plataforma de promoção turística – visiteserradaestrela.com – através da qual qualquer visitante pode conhecer a oferta turística da região, por meio da visualização de vídeos 360º, que permitem ao utilizador ver toda a beleza da região, bem como, por meio da visualização de roteiros de 1, 2 e 3 dias.

Esta plataforma destaca-se, ainda, pela possibilidade de ser o próprio turista a planear a sua visita, com base nas suas preferências, interesses e disponibilidade.

Uma navegação aventureira, mas orientada pelas terras das Beiras e Serra da Estrela é o que, a partir de agora, se propõe aos turistas que visitem a região.

Esta ação enquadra-se na estratégia que a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serras da Estrela tem vindo a desenvolver em estreita articulação com a Entidade Regional do Turismo Centro de Portugal e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro no âmbito do Projeto “Produtos Turísticos Integrados de Base Intermunicipal”, cofinanciado pelo Portugal 2020, Centro 2020 e União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

O objetivo principal do Projeto passa por contribuir para o aumento da notoriedade e competitividade da Região Centro enquanto destino turístico tanto a nível nacional como internacional através da criação de condições contextuais e operativas para a melhoria da oferta turística da nossa sub-região Beiras e Serra da Estrela.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: