22.2 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Setembro 22, 2021
No menu items!
InícioRegionalCâmara de Idanha-a-Nova apoia mais 11 operações gratuitas às cataratas

Câmara de Idanha-a-Nova apoia mais 11 operações gratuitas às cataratas

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova apoiou esta semanamais 11 cirurgias gratuitas às cataratas, no âmbito de um projeto quejá permitiu operar mais de 60 pessoas.

A decorrer desde 2017, este projeto não tem custos para os utentes eresulta de uma parceria entre a Câmara de Idanha-a-Nova, a Fundação Álvaro Carvalho e o Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento.

O processo inclui consultas pré e pós, operatórias e cirurgia, sendo a totalidade dos encargos suportados pela Câmara de Idanha-a-Nova, presidida por Armindo Jacinto, e pela Fundação Álvaro Carvalho, fundada pelo médico Álvaro Carvalho para facilitar o acesso a especialidades médicas no interior de Portugal.

“O objetivo é contribuir para melhorar a qualidade de vida da população do concelho de Idanha-a-Nova, em particular a mais idosa, por meio do acesso gratuito a cirurgias às cataratas, uma doença que provoca a diminuição da visão”, refere Armindo Jacinto.

O projeto tem-se revelado fundamental para ultrapassar os constrangimentos financeiros da população e os tempos de espera do Serviço Nacional de Saúde, num espírito de complementaridade entre os diversos parceiros.

Armindo Jacinto adianta que este serviço “é para continuar e irá apoiar mais pessoas, com espírito de solidariedade social e sentido de serviço público para dar resposta às necessidades dos munícipes”.

Todo o processo cumpre os devidos critérios de seleção, contando com a articulação entre o Centro de Saúde de Idanha-a-Nova, a Fundação Álvaro Carvalho e a Clínica Oftalmológica da Beira Interior na avaliação clínica dos utentes, tendo sempre em consideração o apoio a casos de justificado apoio social.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: