23.9 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Setembro 22, 2021
No menu items!
InícioRegionalDesinfeção de espaços públicos já começou em Proença-a-Nova

Desinfeção de espaços públicos já começou em Proença-a-Nova

O Município de Proença-a-Nova deu início esta segunda-feira, 23 de março, à desinfeção das zonas exteriores aos espaços públicos e das ruas mais movimentadas na sede de concelho, nomeadamente junto a supermercados, farmácias, bancos, Centro de Saúde, entre outros locais, como medida preventiva no âmbito da pandemia da COVID-1 que será alargada ao restante concelho, tendo como prioridade os locais que mantêm serviços ao público.

Também circulará a partir desta terça-feira uma viatura às localidades do concelho alertando a população para a necessidade do isolamento social como uma das medidas mais eficazes para se evitar o contágio e a propagação da doença.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, estão a ser estudadas outras medidas de apoio aos Munícipes, a juntar às que têm sido divulgadas na última semana, que serão comunicadas oportunamente.

“Neste momento, em que assistimos a uma fase de escalada do vírus a nível nacional, temos todos que ter consciência da importância de ficarmos em casa, sempre que tal é possível, e de sermos socialmente contidos. Ainda que, de uma forma geral, o comportamento dos proencenses esteja a ser exemplar, sabemos que nas aldeias poderá haver tendência para manter os hábitos de socialização”, considera João Lobo. “Não podemos facilitar”.

A Proteção Civil Municipal, em coordenação com as entidades que fazem parte da Comissão Municipal de Proteção Civil, está a acompanhar em permanência a evolução dos casos no distrito, onde já foi confirmada uma pessoa infetada com COVID-19, não havendo, até ao momento, registo de outras situações de alarme.

Ainda assim, todo o trabalho desenvolvido tem sido no sentido de antecipar a resposta a possíveis situações, tendo o Centro de Saúde de Proença-a-Nova criado uma ala específica para atendimento a casos suspeitos. No âmbito do Plano de Contingência do Município, já estão definidos os locais para acolhimento de eventuais infetados, sempre que não possam ficar em casa ou numa situação de rutura dos hospitais e centros de saúde.

“Todos os cenários estão em aberto nesta fase”, adianta João Lobo, “e temos de estar preparados para todos eles. O importante é que cada um faça a sua parte e cumpra todas as recomendações da Direção Geral de Saúde. Ao protegermo-nos estamos a proteger a nossa comunidade e, acima de tudo, as pessoas do grupo de risco que são mais vulneráveis ao vírus”.

Recorde-se que está criada uma rede de solidariedade em todo o concelho, com o apoio das Juntas e Uniões de Freguesia, tendo o Município ao dispor o número geral da Câmara (274 670 000), entre as 9h00 e as 12h30 e das 14h00 às 17h30, e o telemóvel 939 623 269 – e respetivo WhatsApp para receção de pedidos de apoio.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: