Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Março 30, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Plano Municipal de Emergência do Concelho de Proença-a-Nova já foi acionado

Plano Municipal de Emergência do Concelho de Proença-a-Nova já foi acionado
José Lagiosa

A Comissão Restrita Municipal de Proteção Civil – que integra a Câmara Municipal, a Proteção Civil Municipal, os Bombeiros Voluntários, a GNR, a Autoridade de Saúde do Agrupamento dos Centros de Saúde do Pinhal Interior e o Centro de Saúde de Proença-a-Nova, aprovou, por unanimidade, na última terça-feira, 24 de março, a ativação do Plano Municipal de Emergência do Concelho de Proença-a-Nova.

Para além deste documento, o Município rege-se ainda pelo Plano de Operações Municipal – Coronavírus COVID-19, aprovado a 18 de março, onde estão identificados os procedimentos de proteção e socorro, de forma a prevenir, atenuar, socorrer e apoiar os cidadãos na atual situação de pandemia.

De uma forma geral, a ativação do Plano Municipal de Emergência tem como objetivo reforçar as ações e iniciativas já desenvolvidas para evitar a propagação do novo coronavírus, numa altura em que se registam 2 infetados no distrito de Castelo Branco (na Covilhã e no Fundão).

Em coordenação com todas as entidades que integram a Comissão Distrital de Proteção Civil, pretende-se dar uma resposta concertada, providenciando as condições e os meios indispensáveis à minimização dos efeitos adversos.

Estão também definidas as orientações relativamente ao modo de atuação dos vários organismos, serviços e estruturas a empenhar em operações de proteção civil, bem como a direção dos mesmos. Coordenando e sistematizando as ações de apoio, promove-se maior eficácia e rapidez de atuação das entidades intervenientes.

Além disso, são inventariados os meios e os recursos disponíveis, de forma a “minimizar a perda de vidas e bens, atenuar ou limitar os efeitos de acidentes graves ou catástrofes e restabelecer o mais rapidamente possível as condições mínimas de normalidade”, lê-se no documento.

Outro papel importante é a promoção de informação junto das populações, “tendo em vista a sua preparação, a assunção de uma cultura de autoproteção e a colaboração na estrutura da resposta à emergência”. As medidas a adotar pelo Município de Proença-a-Nova serão articuladas em conjunto no âmbito da Comissão Distrital de Proteção Civil que irá propor ao Ministro da Administração Interna a ativação do Plano de Emergência Distrital, de modo a haver ação concertada entre os onze municípios do Distrito de Castelo Branco.

Comentar