18.8 C
Castelo Branco
Domingo, Setembro 26, 2021
No menu items!
InícioCulturaIdanha vai celebrar o Sábado de Aleluia a partir de casa

Idanha vai celebrar o Sábado de Aleluia a partir de casa

Um grupo de cidadãos de Idanha-a-Nova acaba de lançar um desafio original: celebrar dentro de portas o Sábado de Aleluia (11 de abril), que é vivido de forma muita intensa nesta Vila, a partir das janelas e varandas de casa, cumprindo assim a tradição sem sair à rua.

A iniciativa ‘Aleluia em Casa’ nasce de forma espontânea por força das contingências atuais, com a pandemia de Covid-19 a inviabilizar a saída de casa e formação de multidões, para comprovar a espantosa força da Páscoa em Idanha-a-Nova.

O Sábado de Aleluia, em particular, é exemplar da devoção da população às suas tradições.

Anualmente, uma multidão pega em apitos ou chocalhos e percorre as ruas de Idanha para expressar de forma ruidosa a sua alegria pela ressurreição de Cristo.

Porém, a pandemia que assola Portugal e o Mundo impedem a realização da tradição nos moldes habituais.

Assim, convida-se a população de Idanha-a-Nova – mas também os Idanhenses espalhados pelo Mundo – a assomar à janela ou varanda, munidos de apitos, chocalhos, tachos ou outros objetos barulhentos, para se juntarem à celebração do Sábado de Aleluia a partir das 21h00 do dia 11 de abril.

Como é tradição neste dia, a centenária Filarmónica Idanhense vai ajudar a animar as ruas, ainda que de forma necessariamente distinta.

A partir do Largo da Igreja Matriz de Idanha-a-Nova, pelas 21h00, sairá um carro com som exterior que percorrerá as ruas da Vila ao som do Hino a Nossa Senhora do Almortão, música utilizada na Aleluia.

O percurso habitual foi adaptado para abranger o maior número de ruas e pessoas possível.

O convite aos Idanhenses fica feito: não saiam de casa; juntem-se ao momento através das janelas ou varandas.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: