14.3 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Setembro 23, 2021
No menu items!
InícioNacionalReceio da contaminação aumenta e é já assumido como a maior preocupação...

Receio da contaminação aumenta e é já assumido como a maior preocupação por 33,3% dos portugueses

19% dos portugueses conhece alguém que foi infetado pelo novo coronavírus.

O Barómetro de Opinião COVID-19 da Marktest tem por objectivo acompanhar as opiniões e os comportamentos dos portugueses face a este momento que o país e o mundo atravessam ao longo das próximas semanas.

E os portugueses não têm qualquer dúvida: a pandemia COVID-19 é uma ameaça real que o mundo está a enfrentar.

De acordo com os resultados da sondagem – 3ª edição, 19% dos portugueses conhecem alguém que já foi contaminado pelo COVID-19.

Este valor assume particular relevância junto da população residente na
região do Grande Porto, ao atingir os 27%.

Mantém-se assim o TOP 3 dos Receios dos portugueses: Ser contaminado, e a Falência do SNS e da Economia Nacional.

99% dos portugueses acreditam que a pandemia do COVID-19 é uma ameaça real que o mundo está a enfrentar

Na semana, em que o estado de emergência, foi decretado por mais 15 dias, verifica-se que o Índice de Receio em ser contaminado aumentou, e é superior na população feminina, face à masculina .

O confinamento que o estado de emergência exige leva no entanto a uma estabilização do Índice de Probabilidade de Contaminação.

Todavia, verifica-se que mais uma vez a população feminina considera
como mais provável a contaminação do que a população masculina.

Nota Técnica:
A presente sondagem foi realizada pela Marktest, através de CAWI
(Computer Assisted Web Intereview), junto de uma amostra de 505
inquiridos, com mais de 18 anos, residentes em Portugal Continental.

Os resultados do estudo foram ponderados e extrapolados para o
universo em estudo (8.250.000).

A recolha da informação decorreu entre os dias 30 de março 1 de
abril de 2020.

A selecção dos entrevistados, fez-se com recurso ao
Access Panel da Marktest.

A partir deste Access Painel, procedemos a extrações aleatórias de potenciais entrevistados, de acordo com as regras definidas ao nível da seleção amostral (método de quotas pelas variáveis, género, idade e região Marktest).

Para garantir a segurança da comunicação online, a Marktest utiliza um protocolo de segurança que permite salvaguardar a leitura e interceção, por
terceiros, dos dados transmitidos no momento do preenchimento do
inquérito.

O Access Panel da Marktest encontra-se devidamente registado na
C.N.P.D. e a Marktest assegura um controlo rigoroso de qualidade e
veracidade da informação registada pelos internautas inscritos no
nosso Access Panel, bem como na gestão da selecção dos mesmos
para as entrevistas que realizamos.

Desde o dia 25 de maio de 2018, temos em vigor o RGPD (Politica de Privacidade Marktest – http://www.marktest.com/wap/a/q/id~106.aspx). De assinalar ainda que a cumprimos integralmente com “28 Questions to Help Buyers of Online Samples” – ESOMAR.

A análise destes resultados é da exclusiva responsabilidade da
Marktest.

Os Índices apresentados, decorrem de avaliações feitas pelos entrevistados em perguntas com recurso a escalas de avaliações de 0, nota mínima e 10 nota máxima, sendo o valor médio obtido convertido para um índice de 0 a 100 pontos.

Consideram-se avaliações positivas, todas as respostas cuja nota
atribuída numa escala de 0 a 10, se situem entre 6 e 10, e as avaliações negativas entre 0 e 4.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: