14.9 C
Castelo Branco
Sábado, Setembro 25, 2021
No menu items!
InícioCultura“7. Kogustaki Mucize – Milagre na Cela 7”, por Telmo Martins

“7. Kogustaki Mucize – Milagre na Cela 7”, por Telmo Martins

7. Kogustaki Mucize ou como é conhecido, Milagre na Cela 7, é um filme extremamente marcante certamente não só na vida de quem assistiu como de quem o levou até aos grandes ecrãs.

Telmo Martins

Na verdade este filme foi uma espécie de remake de um filme com o mesmo nome que foi lançado em 2013 na Coreia do Sul, no entanto este era mais cómico que o actual de 2019.

Uma produção turca que pelo menos a mim me levou a pensar que na Europa se consegue muitas vezes fazer filmes muito melhores que os típicos filmes americanos, que estamos habituados a ver.

Esta obra de arte conta a história de uma menina Ova que é gozada pelos colegas dizendo que o seu pai é palerma, quando na verdade Memo sofre apenas de uma doença mental.

A forma simples como os actores interpretam os seus papéis faz com que nos cole ao ecrã e nos contamine de imediato. Memo é preso por um homicídio que não cometeu e a cada minuto que passa no filme, esperamos pelo que vai acontecer logo em seguida.

Muitos dizem ser apenas mais um filme, mas a verdade é que este já fez chorar muita gente com a sua história e com a forma como é levada a todos os que assistem ao filme, bem como as interpretações dos personagens principais.

Um filme que nos faz pensar que aqueles que por vezes são mais pobres, doentes e com problemas conseguem até mesmo mudar o mais rebelde, o mais rico e até o que se acha o centro das atenções.

Uma cena do filme Milagre na Cela 7

Na minha opinião este filme não só fica marcado por tocar os que a ele assistem como marca a carreira da pequena actriz Nisa Sofiya Aksongu (Ova).

De realçar que também aos 29 anos de idade, o actor Aras Bulut Iynemli tem aquele que foi até agora o papel da sua vida e certamente marcará a sua carreira para sempre, ainda que por mais papéis que interprete e que esperamos que sejam muitos devido ao seu enorme talento.

Para a história fica a frase mais dita neste filme que tem também grande cumplicidade entre pai e filha, “Lingo, lingo….Şişeler” que traduzido à letra significa “Lingo, lingo…Garrafas”.

Não querendo adiantar muito mais sobre a história desta verdadeira obra de arte turca, apenas digo que quem ainda não assistiu ao filme o faça na plataforma streaming Netflix que tem andado com excelentes produções.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: