Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Maio 25, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Viveiro Municipal de Proença-a-Nova celebra 20 anos dia 5

Viveiro Municipal de Proença-a-Nova celebra 20 anos dia 5
José Lagiosa

O Viveiro Municipal, localizado na zona industrial de Proença-a-Nova, comemora 20 anos no próximo dia 5 de abril, um espaço de produção de plantas destinadas a ornamentar os espaços públicos do concelho.

Para assinalar esta data, o Município lança um desafio destinado a crianças até aos 14 anos: desenhar uma planta aromática e medicinal, podendo usar diversos materiais, onde o objetivo é ser o mais criativo possível.

Depois enviar a digitalização do desenho ou fotografia para o e-mail [email protected] ou através de mensagem na página de facebook até ao próximo dia 25 de abril.

As fotos com mais gostos até ao dia 30 de abril (às 12h00) receberão um voucher para levantar plantas do Viveiro Municipal, em data a agendar com os serviços.

Todos os participantes receberão um bloco oferta do Ano Municipal das Plantas Aromáticas e Medicinais, limitado à quantidade disponível (a atribuir por ordem de chegada dos desenhos).

Além dos desafios, serão divulgadas algumas ilustrações para colorir.

Estas são apenas duas das iniciativas que integram o programa comemorativo dos 20 anos do Viveiro Municipal, as restantes serão divulgadas posteriormente.

Inaugurado a 5 de abril de 2000, pelo Presidente da República à data, Jorge Sampaio, o Viveiro Municipal dedica-se, desde então, à sementeira, estacaria, repicagem, transplante, envasamento de herbáceas, arbustos ou árvores, privilegiando plantas autóctones e/ou endémicas da região e do país, e onde estagiam todas as plantas que sejam adquiridas a viveiristas, de modo a estabelecerem uma relação mais estável com o novo ambiente (temperatura e solo), antes de as instalar no terreno definitivo, e, ainda, se recompõem algumas das plantas atingidas por pragas/doenças, com vista ao seu restabelecimento e posterior utilização.

O Viveiro Municipal alberga também o Projeto-Escola Bioaromas, onde são produzidas, em modo biológico, as plantas aromáticas e medicinais, a sua recolha e secagem para depois serem usadas em infusões e na culinária.

Pela sua organização espacial, o viveiro permite acolher grupos, quer simplesmente para visitar, quer para aqui efetuarem pesquisas, voluntariado ou estágios curriculares.

Desde há uns anos, o Viveiro promove a ação de “Troque resíduos por plantas”, onde é oferecido o excedente da produção própria a quem traga resíduos, como pilhas ou baterias, iniciativa que este ano se realizará a 21 de outubro.

Comentar