26.1 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Setembro 16, 2021
No menu items!
InícioNacionalOs Institutos Politécnicos de Castelo-Branco, Tomar, Guarda e Portalegre anunciam a 4ª...

Os Institutos Politécnicos de Castelo-Branco, Tomar, Guarda e Portalegre anunciam a 4ª edição do Projeto CityHack

O CityHack é um evento sob a forma de uma maratona tecnológica que decorre nos dias 30 e 31 de maio, com a duração de 24 horas, e que visa o desenvolvimento de soluções tecnológicas para as cidades e a melhoria da qualidade de vida.

A edição de 2020 é dedicada ao tema da Transição Digital para o Bem que pretende contribuir com ideias e soluções inovadoras e disruptivas que contribuam de forma decisiva para apoiar os diversos atores da nossa sociedade a dar os passos essenciais no processo da transição digital.

O CityHack para além de incentivar os participantes a apresentar soluções tecnológicas para a melhoria da qualidade de vida nas cidades, reconhecendo, valorizando e retendo talentos, tem, ainda, como objetivo criar condições para a concretização das ideias geradas.

O evento superiormente apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, no âmbito do projeto Hack for Good inserido no programa Gulbenkian de Coesão e Integração Social, marca este ano a diferença por promover um desafio inovador, sob a forma de maratona de 24 horas totalmente à distância, e realizado em simultâneo pelos Institutos Politécnicos de Tomar, Castelo-Branco, Guarda e Portalegre.

Nesta edição conta ainda com a presença de uma das melhores plataformas de inovação aberta, a Taikai.

Podem candidatar-se equipas de 3 a 5 elementos, que sejam alunos de Universidades e Institutos Politécnicos, em que pelo menos dois sejam oriundos de áreas tecnológicas.

A equipa poderá incluir dois elementos que não frequentem o ensino superior.

As equipas vencedoras irão receber prémios monetários no valor de 8000€ bem como diversos prémios oferecidos por alguns dos patrocinadores desta edição.

O primeiro prémio – Hack for Good – é de dois mil euros e é patrocinado pela Fundação Calouste Gulbenkian.

Cada um dos Institutos Politécnicos envolvidos irá atribuir prémios de 1000 e 500 Euros para segundos e terceiros lugares respetivamente.

Nas três edições anteriores estiveram presentes mais de 200 participantes, divididos em 50 equipas oriundas de mais de 20 instituições de ensino.

O Instituto Politécnico de Tomar (IPT) com mais de 30 anos de existência e uma oferta formativa de Licenciaturas, Pós-Graduações e diversos Mestrados, o Instituto Politécnico de Tomar tem feito todos os esforços para responder de forma positiva e eficaz aos desafios que lhe são dirigidos pela comunidade que serve. Com esse objetivo, o IPT tem procurado dotar-se de instrumentos e meios altamente inovadores e dinamizadores, designadamente através de parcerias com diversas empresas e entidades utilizando, para o efeito, diversas iniciativas de cariz científico e tecnológico.

O Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) é uma instituição pública de ensino superior que iniciou a sua atividade em 1980 e que se constitui como um referencial de confiança na qualificação de alto nível dos cidadãos, na produção e difusão do conhecimento, bem como a formação cultural, artística, tecnológica e científica dos seus estudantes num quadro de referência internacional.

É uma Instituição ativa, com pessoas capazes de promover e fortalecer sinergias internas e externas, locais e regionais, nacionais e internacionais, e empenhada em cooperar com o poder político local, instituições sociais e culturais, organizações empresariais e instituições de ensino, promovendo o crescimento científico, técnico, artístico, cultural e cívico dos jovens e dos adultos que procuram a Instituição.

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) tem-se definido como sendo um pólo de conhecimento e inovação que procura a qualidade e rigor de formação.

Uma prática de melhoria contínua tem sido uma preocupação permanente deste Instituto, que procura assegurar a qualidade de formação e dos serviços prestados, bem como a satisfação da comunidade académica e correto funcionamento de toda a instituição.

Desenvolve, também, atividades nos domínios da investigação, da transferência e valorização do conhecimento científico e tecnológico, da prestação de serviços à comunidade, de apoio ao desenvolvimento e de cooperação em áreas de extensão educativa, cultural e técnica.

Deste modo, o IPG desempenha um papel decisivo na qualificação dos recursos humanos, em diversas áreas do saber, na sua esfera de competências, bem como no desenvolvimento económico, social, científico e cultural da região da Guarda.

Neste âmbito, o IPG pretende ser reconhecido como entidade imprescindível para o desenvolvimento regional, em que os profissionais formados na instituição se distinguem pela sua competência profissional, o seu sentido de solidariedade, a sua capacidade de servir responsavelmente a sociedade e com atuação ética no trabalho, gerando conhecimento e uma presença cultural que contribua para a solução dos problemas regionais, num contexto global.

O Politécnico de Portalegre uma instituição de ensino superior que prima pela oferta formativa diferenciadora, única e pioneira, orientada para a prática e que assenta num ensino que:

. é definido com base nas necessidades do mercado de trabalho, antecipando tendências;

. alia o mérito académico à visão objetiva e profissional dos especialistas que constituem o seu corpo docente;

. tem o foco no aluno, com uma prática altamente personalizada e direcionada para o seu crescimento académico, pessoal e social;

. privilegia uma estreita relação com o tecido empresarial;

. potencia o espírito empreendedor do aluno durante o seu percurso.

Por todos os estímulos dados aos alunos durante o seu processo de crescimento/desenvolvimento, o projeto de ensino do Politécnico de Portalegre acaba por se materializar numa integração ótima dos seus estudantes e na excelente projeção dos seus diplomados nacional e internacionalmente.

Politécnico de Portalegre: Tempo de viver esta experiência

Mais informações e inscrições em: www.cityhack.pt

Redes Sociais: WeAreCityHack

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: