Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Junho 1, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

BiodivSummit promove debate em Proença-a-Nova em direto sobre a água esta sexta-feira

BiodivSummit promove debate em Proença-a-Nova em direto sobre a água esta sexta-feira
José Lagiosa

“A água no mundo e o mundo da água. Que futuro?” é o tema do II BiodivSummit que será realizado online, com os conteúdos a serem divulgados a partir da plataforma www.biodivsummit.pt.

Desde o dia 16 de maio que estão a ser publicadas as apresentações dos diferentes painéis que compõem esta conferência e a 22 de maio, Dia Internacional da Biodiversidade, haverá um direto às 14h00, a partir do Centro Ciência Viva da Floresta, com vários convidados que abordarão esta temática.

“Antes de mais deixo o meu reconhecimento e o meu apreço a todos os oradores que se juntaram a nós e que com o seu conhecimento enriquecem o BiodivSummit”, refere João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, entidade que promove o evento, a par com o Centro Ciência Viva da Floresta, e conta com as parcerias da Bioamas – Associação para a Promoção da Biodiversidade, Rota das Aromáticas e Medicinais e do ICBAS – Instituto de Ciência Biomédicas Abel Salazar e os patrocínios de Proentia e SymaplantGoup, Ambienti d’Interni, Rica Granja e UnParty.

“Convido a que se juntem a nós na plataforma do BiodivSummit e que partilhem as vossas questões e comentários e que, desta forma, contribuam também para o sucesso deste evento”.

No dia 22 de maio, no direto, estarão presentes, para além de João Lobo, Ana Mafalda Reis, Consultora de Neurorradiologia, Professora Auxiliar Convidada do ICBAS da Universidade do Porto, Miguel Miranda, Presidente do Instituto Português do Mar e da Atmosfera e Professor na Universidade de Lisboa, Telmo Pereira, Investigador no Instituto Politécnico de Tomar e Professor Associado na Universidade Autónoma de Lisboa e Jael Palhas, Investigador do Centro de Ecologia Funcional e Estudante de Doutoramento em Ciências Agrárias e Ambientais na Universidade de Évora.

Quanto aos painéis, o primeiro (A Água no Mundo), conta com as apresentações de Tiago Campante, Investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço que fala sobre mundos de água (waterworlds): ficção ou realidade?, de Vítor Vasconcelos, Professor Catedrático de Biologia da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e Presidente da Direção do CIIMAR – Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental que aborda “a água na vida e a vida na água”, apresentando algumas das áreas em que o Centro se encontra a desenvolver investigação; e de José Manuel Garcia, do Gabinete de Estudos Olisiponenses da Câmara Municipal de Lisboa, que recupera as aventuras dos descobridores portugueses: “e Fernão de Magalhães descobriu que o planeta terra tinha mais água que terra…”.

No segundo painel, O Valor da Água, Ricardo Guimarães, Responsável da Área de Perdas da EPAL, questiona-se precisamente sobre qual o valor da água, resposta que está sempre dependente do contexto de quem responde; e José Matos, Bastonário da Ordem dos Biólogos, em “água doce água”, apresenta alguns números interessantes sobre a água doce que representa menos de três por cento das existências de água no planeta. Em A Água na Saúde, o terceiro painel, Adelino Cardoso, Investigador Integrado do CHAM – Centro de Humanidades apresenta “água e saúde pública na medicina hipocrática”, recuperando a sabedoria dos primeiros médicos; também vários alunos do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, da Comissão de História da Medicina, refletem sobre “água, o axioma da vida na simbiose com a humanidade”.

A encerrar os painéis, em O Mundo da Água, Pedro Serra, Cineasta Independente, aborda a série documento “É Prá Amanhã”, recentemente estreada na SIC, e Patrícia Garcia-Pereira, Investigadora da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboareflete sobre a importância dos invertebrados aquáticos para o mundo da água doce.

Comentar