Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Junho 1, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Câmara de Idanha-a-Nova dá apoio psicológico, social e institucional

Câmara de Idanha-a-Nova dá apoio psicológico, social e institucional
José Lagiosa

Covid-19

No âmbito do novo Coronavírus (COVID-19), as Linhas de Apoio do Município de Idanha-a-Nova estãoa prestar assistência quotidiana a cidadãos e famílias, Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e atividades económicas do concelho.

O presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, explica que “a criação destas linhas de apoio psicológico, social e institucional decorreu da necessidade de disponibilizar mecanismospara minimizar o impacto da pandemia”.

A Linha de Apoio Psicossocial (966 032 484) tem vindo a esclarecer quem a contacta sobre a Covid-19, prestar apoio psicológico e dar resposta a necessidades básicas ao nível da alimentação, medicação, transportes, entre outras.

Este serviço é desenvolvido por cinco psicólogos do Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento de Idanha-a-Nova, em estreita parceria com a Câmara Municipal.

No primeiro mês de funcionamento da Linha, foram apoiadas, por vezes de forma continuada, mais de 60 famílias de todo o concelho, cujas idades dos elementos de referência se situam entre os 18 anos e os 93 anos.

A solicitação de apoio psicológico e no acesso a bens essenciais emedicação encontram-se entre os principais atendimentos efetuados.

A Linha de Apoio Psicossocial é ainda proactiva no contacto com a população que chega ao concelho de Idanha-a-Nova, proveniente de outras zonas do país e do estrangeiro, a fim de sensibilizar para o cumprimento do período de quarentena de 14 dias, em parceria com o Serviço Municipal de Proteção Civil.

Por seu lado, a Linha de Apoio às IPSS (277 200 570) mantém contacto permanente com os lares e outras instituições sociais do concelho, aos quais a autarquia tem cedido material de proteção, bem como hortofrutícolas e outros produtos frescos e perecíveis.

A articulação entre a Câmara de Idanha-a-Nova e as 16 IPSS locais, mas também o apoio e esclarecimento junto de familiares de utentes institucionalizados, têm sido fundamentais.

Felizmente, até ao momento, não se regista qualquer caso de Covid-19 no concelho, muito graças às medidas de prevenção adoptadas, ao trabalho exemplar dos profissionais da linha da frente e ao comportamento cívico da população.

A Linha de Apoio às Atividades Económicas (926 357 592) tem informação sobre a legislação em vigor, auscultado e feito um levantamento das necessidades dos negócios que se mantiveram abertos durante o Estado de Emergência e daqueles que reabrem este mês.

O objetivo é contribuir dentro dos possíveis para a retoma da atividade económica.

Comentar