23.9 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Setembro 22, 2021
No menu items!
InícioNacionalVítor Sobral celebra 11 anos de Tasca da Esquina e homenageia Portugal...

Vítor Sobral celebra 11 anos de Tasca da Esquina e homenageia Portugal com uma nova linha de conservas

No Dia de Santo António, o chef vai apresentar uma colecção de 7 conservas de sardinhas, as Conservas Varina, com azeites elaborados por chefs de renome

No próximo dia 13 de junho, Dia de Santo António, padroeiro de Lisboa e não só, a Tasca da Esquina, a primeira tasca moderna de Lisboa, celebra 11 anos de existência.

Num ano particularmente intenso para a restauração e para o país e o mundo, o chef Vítor Sobral faz questão de colocar Portugal ainda mais debaixo do holofote, no palco da gastronomia nacional, e de apelar ao que é Nosso.

Tasca da esquina

Este ano que não festejaremos nas ruas os Santos Populares, pela primeira vez em quase 100 anos, o chef Vítor Sobral decidiu homenagear um produto rei desta quadra, a sardinha, e uma figura rainha de Lisboa e do país, a varina.

No dia 13, em que festeja os 11 anos de existência da Tasca da Esquina, Vítor Sobral apresenta o projecto das conservas Varina.

São 7 conservas de sardinhas, homenageando uma das tradições mais portuguesas, cada uma com “um azeite de assinatura” criado por 7 chefs de renome nacionais: João Rodrigues, Henrique Sá Pessoa, Bertílio Gomes, Diogo Rocha, Noélia Jerónimo e Rui Paula, e o próprio Vítor Sobral.

Todas as semanas, a partir de 20 de junho, estas sete conservas serão oferecidas com o Jornal Público – 30 000 por semana, num total de 210 000.

A primeira, distribuída no dia 20, foi criada pelo chef Vítor Sobral, que desempenhou um papel fundamental na divulgação da nossa gastronomia.

Conservas VARINA

É uma conserva de “Sardinha com azeite de manjericão, pimenta da Jamaica e pau de canela”, com recurso às especiarias tão portuguesas que a nossa Pátria revelou ao mundo.

Segue-se a “Sardinha com Tomilho Limão”, da autoria do chef João Rodrigues, uma outra de “Sardinha com Salsa, Hortelã-menta, cardamomo verde e pimenta rosa”, criada pelo chef Rui Paula, e uma outra do chef Bertílio Gomes, de “Sardinha com orégãos e pimenta chilli picante”.

Noélia Jerónimo junta-se a este lote com uma conserva de “Sardinha com orégãos e gengibre, grão de pimenta preta e coentro”, Diogo Rocha aposta na frescura com uma conserva de “Sardinha com hortelã verde, cardamomo verde e malagueta”, e Henrique Sá Pessoa surpreende com a combinação da sardinha e do manjerico.

De salientar que todos os ingredientes usados nas conservas Varina são 100% Portugueses, como o chef Vítor Sobral defende desde sempre.

O azeite das conservas é Oliveira da Serra, as ervas aromáticas são da ‘Aromáticas Vivas’ (Viana do Castelo), as especiarias são da Rota das Índias.

Os molhos são desenvolvidos na Paladin (Golegã) e a Fábrica de Conservas Portugal Norte (Matosinhos) fornece as sardinhas, de origem portuguesa.

“Este ano, como sempre, mas mais do que nunca, é importante celebrarmos Portugal, os produtos portugueses, as nossas tradições, as Quinas”, afirma Vítor Sobral.

Junte-se a esta celebração.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: