16.6 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Setembro 22, 2021
No menu items!
InícioRegionalÉpoca balnear em Proença-a-Nova arranca a 13 de junho com medidas de...

Época balnear em Proença-a-Nova arranca a 13 de junho com medidas de segurança reforçadas

A época balnear no concelho de Proença-a-Nova começa este sábado, 13 de junho, prolongando-se durante três meses, até 13 de setembro.

A abertura decorre nas praias fluviais de Malhadal e Fróia, ambas galardoadas como Praias Qualidade de Ouro pela Quercus, nas zonas balneares de Alvito da Beira e Cerejeira e nas piscinas públicas de São Pedro do Esteval e Pedra do Altar.

Fruto da atual crise de saúde pública, o Município ativou o Plano de Contingência dedicado a estes equipamentos, com a definição de “medidas extraordinárias de contingência e mitigação dos efeitos do COVID-19” de modo a garantir que residentes e visitantes usufruam destes espaços em segurança.

Seguindo as orientações da Agência Portuguesa de Ambiente e da Direção Geral de Saúde, os utentes devem garantir a distância física de segurança de um metro e meio, sendo que os chapéus de sol devem estar afastados, no mínimo, três metros.

Para que estas distâncias sejam cumpridas, a autarquia disponibiliza chapéus de sol em todos estes locais.

“Esta foi a forma que encontrámos para garantir que se cumpre o distanciamento social que todos somos convidados a observar neste momento que ainda é de alguma indefinição quanto ao evoluir da pandemia nesta altura de maior calor”, refere João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova.

“Com a presença dos vigilantes, contamos com um importante apoio junto dos veraneantes, sendo que a função deles é garantir as taxas ideais de ocupação das praias e piscinas, que é seguida a sinalética implementada em cada local, reforçando a necessidade de serem observadas as medidas de prevenção que já fazem parte do nosso dia-a-dia, como o uso de máscara ou a etiqueta respiratória”.

Tradicionalmente uma das épocas mais fortes para o concelho do ponto de vista turístico, o autarca considera que estão reunidas condições para que o território seja visitado e usufruído em segurança.

Para além das praias fluviais, existem muitas outras atividades que podem ser desenvolvidas no concelho, não só no verão como em qualquer época do ano, para além da simples descoberta do território que tem no turismo de natureza e na gastronomia, uma das suas marcas.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: