18.1 C
Castelo Branco
Terça-feira, Setembro 21, 2021
No menu items!
InícioNacionalPresidente da Câmara diz que “Sertã está pronta para ser cidade”

Presidente da Câmara diz que “Sertã está pronta para ser cidade”

José Farinha Nunes acredita que “a Sertã está pronta para ser cidade”.

O presidente da Câmara Municipal da Sertã defendeu, durante o discurso que assinalou o Dia do Município, que estão criadas “as condições necessárias para concretizar este desígnio, talvez o mais desafiante dos últimos séculos”.

Num discurso transmitido via Internet, o autarca começou por fazer uma resenha do trabalho desenvolvido por este executivo ao longo dos últimos anos: “Quando o executivo a que presido tomou posse, pela primeira vez, em 2009, apresentámos uma estratégia clara para o concelho, assente em eixos fundamentais como a floresta, o turismo e as energias renováveis. Era um programa ambicioso, mas realista”.

Hastear da bandeira

O presidente da Câmara Municipal da Sertã lembrou alguns dos principais marcos destes anos, como a adesão à Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, a criação do SerQ – Centro de Inovação e Competências da Floresta ou a adoção de uma “estratégia sustentável e de longo-prazo” no setor do turismo centrada em produtos endógenos como o maranho ou nas potencialidades locais.

José Farinha Nunes lembrou a importância da transformação “do antigo convento de Santo António numa moderna unidade hoteleira de quatro estrelas”, vincou a aposta “na marca ‘Trízio’ enquanto destino de veraneio e desportos náuticos” e constatou a capacidade do Município organizar “eventos capazes de atrair milhares de pessoas à Sertã”.

O edil invocou ainda uma das principais lutas deste executivo, notando “o importante papel que a Câmara Municipal desempenhou na manutenção do Instituto Vaz Serra. Foi uma batalha difícil, mas que transmitiu um sinal muito importante, permitindo fixar jovens e respetivas famílias no concelho. Nem sempre a política se faz de grandes anúncios. Por vezes, é este trabalho quase invisível que garante a sobrevivência e o futuro do nosso município”.

Segundo José Farinha Nunes, todo este trabalho “encerrava uma ideia ambiciosa, um grande desígnio”, que “mais do que anunciado, precisava de ser construído dia após dia, ano após ano”.

A ideia de «Sertã cidade» é, para o presidente da autarquia, “a nossa batalha para o futuro”.

Os bombeiros sempre presentes

E José Farinha Nunes deixou pistas: “É neste concerto geral que devemos afirmar a nova visão de cidade para a Sertã. Uma visão que não se resume apenas à vila da Sertã mas a todo o concelho. Uma cidade que idealmente comece no extremo norte e se espraie até ao extremo sul. Este é um desafio para todo o concelho; da aldeia mais remota à vila mais populosa”.

À semelhança do que sucedeu com as comemorações do 25 de abril, o Município da Sertã voltou a optar por um programa mais frugal, com uma forte incidência no universo digital.

Ainda assim, as comemorações do Dia do Município, a 24 de junho, tiveram início com dois momentos simbólicos – o hastear da bandeira no edifício dos Paços do Concelho da Sertã e a colocação de uma coroa de flores junto à estátua de Nuno Álvares Pereira, em Cernache do Bonjardim.

O programa contemplou ainda uma homenagem ao Pe. José Mendes Patrício, numa altura em que se assinalam os 25 anos da sua morte.

Da homenagem ficou a deposição de uma coroa de flores junto à imagem de Nossa Senhora da Conceição, no Seminário das Missões, e a missa campal no Largo do Salão Paroquial de Cernache do Bonjardim.

O encerramento das comemorações aconteceu com a realização de um concerto do músico Miguel Calhaz, que apresentou o espetáculo «Contemporânea Tradição», transmitido em direto e on-line a partir do Cineteatro Tasso, na Sertã.

O concerto, que não teve público a assistir, seguiu os novos universos que o músico sertaginense tem vindo a explorar na música tradicional portuguesa, sempre em permanente diálogo com ritmos contemporâneos como o jazz.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: