Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Julho 5, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

CULTIVAR lança ciclo de webinars para ajudar a construir um novo modelo de agricultura na Região Centro

CULTIVAR lança ciclo de webinars para ajudar a construir um novo modelo de agricultura na Região Centro
José Lagiosa

É necessário um modelo diferente de agricultura, baseado na diversificação das unidades produtivas e das paisagens agrícolas, substituindo aditivos químicos, valorizando a biodiversidade e estimulando as interações entre diferentes espécies.

CULTIVAR, um projeto que pretende responder aos desafios que as fileiras do setor agroalimentar da Região Centro enfrentam, promove, a partir do próximo dia 3 de julho, pelas 17h00, um ciclo de webinars temáticos intitulado CULTIVAR DIÁLOGOS, CONSTRUIR CAMINHOS, que se realiza via YouTube

O objetivo da iniciativa é promover um diálogo sobre o passado e o presente dos sistemas agrícolas, ajudando a construir caminhos para um futuro que tem de ser obrigatoriamente diferente. 

“Cultivado no passado: legados históricos das práticas e políticas para a agricultura” é o tema do primeiro webinar que conta com a participação de Fernanda Rollo, Professora da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Dulce Freire, Professora da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e Maria Helena da Cruz Coelho, Professora da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. 

A avaliação positiva que hoje se faz dos sistemas agrícolas assenta em grande medida numa capacidade para produzir grande volume de alimentos e fornecer os mercados globais, mas não tem em conta os impactos gerados aos mais variados níveis, da degradação do solo à contaminação das águas e dos ecossistemas, as emissões de gases com efeito estufa ou a perda de biodiversidade.

Esta leitura de sucesso também esquece a persistência da fome e não analisa o rápido aumento da obesidade e das doenças relacionadas com a alimentação ou a pressão sobre a agricultura de subsistência um pouco pelo mundo. 

Muitos destes problemas estão associados à agricultura industrial que se traduz em monoculturas intensivas no uso de fertilizantes que hoje tendem a dominar as paisagens agrícolas.

A uniformidade como pilar desses sistemas e a sua dependência em agentes químicos, conduzem a resultados negativos e a vulnerabilidades. 

O CULTIVAR defende que é necessário um modelo fundamentalmente diferente de agricultura, baseado na diversificação das unidades produtivas e das paisagens agrícolas, substituindo aditivos químicos, valorizando a biodiversidade e estimulando as interações entre diferentes espécies, como parte de estratégias holísticas para gerar fertilidade a longo prazo e agroecossistemas saudáveis e garantir a subsistência, ou seja, sistemas agroecológicos diversificados.

É preciso aproximar a produção alimentar dos circuitos de distribuição e consumo, envolvendo as comunidades nestas dinâmicas de responsabilidade coletiva. 

A grande missão do projeto CULTIVAR é responder aos desafios que as fileiras do setor Agroalimentar da Região Centro enfrentam, nomeadamente caracterizar, conservar e valorizar os recursos genéticos endógenos regionais em zonas de baixa densidade, através de uma estratégia de desenvolvimento territorial, promovendo e consolidando a colaboração entre instituições de ciência, tecnologia e ensino superior e o cluster Agroalimentar.

É cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. 

Este ciclo de webinars conta com o apoio do Centre for Functional Ecology – Science for People & the Planet da Universidade de Coimbra.

Comentar