25.6 C
Castelo Branco
Terça-feira, Setembro 22, 2020
No menu items!
Início Internacional Regiões fronteiriças de Portugal e Espanha apresentam plano estratégico comum

Regiões fronteiriças de Portugal e Espanha apresentam plano estratégico comum

Áreas do turismo e agroalimentar

As regiões fronteiriças do Centro e Norte de Portugal e dos seus vizinhos em Espanha apresentaram hoje um plano estratégico comum, apoiado pela União Europeia, que visa promover em conjunto recursos endógenos nas áreas do turismo e agroalimentar.

A reunião de parceiros do Projeto CRECEER, que decorreu através de plataformas digitais, foi marcada pela apresentação da proposta de um Plano Estratégico Interregional (PEI) para 2020-2023, o qual vai juntar os esforços das 11 zonas do território abrangido pelo Projeto.

O CRECEER é um projeto transfronteiriço, financiado por fundos europeus, que tem como principal objetivo estabelecer sinergias entre 11 zonas transfronteiriças, tendo em vista melhorar a competitividade de pequenas e médias empresas nos setores turístico e agroalimentar gourmet.

Os 11 territórios abrangidos pelo Projeto CRECEER são a Beira Baixa e Beiras e Serra da Estrela, no Centro de Portugal, Douro e Trás-os-Montes, no Norte e El Bierzo, Vitigudino, Ciudad Rodrigo, Ávila, Toro, Sanabria e Aliste-Tábara-Alba, em Espanha.

Antes da elaboração do Plano Estratégico Interregional, cada uma das zonas CRECEER definiu a caracterização particular do seu território e apresentou um Plano Estratégico individual de Atuação.

O PEI agora apresentado surge na sequência deste trabalho prévio e identificou já recursos endógenos gastronómicos comuns nas 11 regiões, que, associados à oferta turística existente, são as prioridades do projeto.

O queijo, o vinho, o azeite, as carnes frescas e as frutas são os recursos estratégicos em todos os territórios em que vão incidir os primeiros esforços de sinergia do CRECEER.

Outros recursos comuns igualmente identificados foram os de interesse turístico, os parques e espaços naturais, as praias e portos fluviais, as zonas de pesca e os trilhos de caminhada, além de museus e património monumental e histórico.

Foram também indicados eventos de Interesse Turístico, como eventos desportivos, feiras, festivais de música e festividades religiosas.

A estratégia a desenvolver pelo Projeto CRECEER, alicerçada na criação de redes de cooperação empresarial, passa por ações de promoção conjunta, entre outros eixos estratégicos.

Os próximos passos incidirão na concretização dos objetivos do Plano, nomeadamente ao nível do desenvolvimento de produto e criação de novos pacotes turísticos, nomeadamente Rotas do Queijo, Rota do Bordado e Rota da Cerâmica.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Portugal com mais cinco mortos e 463 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais cinco mortos relacionados com a covid-19 e 463 novos casos de infeção, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral...

PAN legisla para impedir supermercados de deitarem para o lixo alimentos em condições

O PAN apresentou na Assembleia da República um projeto de lei para obrigar os supermercados a doar os alimentos que ainda estão...

Covid-19: Israel reduz salários de ministros e deputados e agrava medidas

O Governo de Israel aprovou uma redução de 10% aos salários dos ministros e deputados no quadro das medidas de combate à...

Gestão de combustível junto aos aglomerados em Proença evitou danos maiores no incêndio

O Município de Proença-a-Nova estima que os prejuízos do incêndio de 13 de setembro sejam superiores a sete milhões de euros: o...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: