23.3 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Agosto 5, 2020
No menu items!
Início Desporto João Sousa comanda armada de semifinalistas em Lisboa

João Sousa comanda armada de semifinalistas em Lisboa

À segunda tentativa, João Sousa carimbou a presença nas meias-finais de um torneio do Circuito Sénior da Federação Portuguesa de Ténis.

O número um português “lidera” uma armada de semifinalistas da qual também fazem parte uma campeã nacional e os únicos portugueses da história a terem participado em finais de torneios do Grand Slam.

Depois da vitória frente a Tiago Torres, na jornada de quinta-feira, João Sousa elevou o nível de jogo para levar a melhor num duelo entre campeões nacionais absolutos contra João Monteiro (o vimaranense conquistou o título em 2017, o portuense em 2016 e 2018), ao vencer por 6-4 e 6-2.

João Sousa

“Hoje estive mais à vontade com as condições, que aqui não são fáceis. Mas joguei a um bom nível e estou contente com esta exibição contra um bom jogador. A semana passada foi de aprendizagem depois de muito tempo sem competir, em condições a que não estou habituado. Tenho de me habituar e tentar apanhar as novas rotinas, sem apanha-bolas e menos juízes de linha. Está a ser uma boa semana, com dois bons jogos e o segundo melhor do que o primeiro em condições de vento muito instáveis”, considerou após a segunda vitória da semana no Lisboa Racket Centre.

Nas meias-finais, João Sousa vai enfrentar outro tenista natural de Guimarães, Luís Faria.

A treinar no Centro de Alto Rendimento, o jogador de 20 anos só precisava de conquistar um “set” frente a Gastão Elias para vencer automaticamente o grupo 3, mas acabou por festejar mais cedo: quando liderava por 5-0 viu o adversário desistir devido a uma lesão no cotovelo direito, que apesar de não ser grave foi suficiente para o ex-top 60 ATP não arriscar comprometer as próximas semanas de competição.

A outra meia-final do quadro masculino vai colocar frente a frente os únicos tenistas portugueses que já participaram em finais de torneios do Grand Slam: Frederico Silva (vencedor dos torneios juniores em pares do US Open 2012 e Roland Garros 2013 e finalista em Nova Iorque no ano seguinte) e Duarte Vale (finalista de pares do Australian Open de juniores em 2017).

O jovem das Caldas da Rainha foi o último a vencer nesta sexta-feira: aplicou os parciais de 6-4 e 6-4 a Nuno Borges, que vinha de uma série de 10 vitórias consecutivas (as primeiras cinco no ITF de Monastir, logo em janeiro, onde começou a época com um título).

Antes, Duarte Vale já tinha superado uma longa batalha contra Tiago Cação (5-7, 6-3 e 6-4), que se prolongou por cerca de três horas e o forçou a grandes trabalhos.

“Quando começas a conseguir ver as adversidades como coisas boas, em vez de ficar zangado, tudo fica mais fácil”, explicou Duarte Vale depois de somar o 10.º triunfo consecutivo neste regresso do ténis, antes de jogar em Lisboa passou o “qualifying” e só parou com o troféu de campeão do Open de Oeiras nas mãos.

Francisca Jorge

“Em vez de me queixar penso que tenho uma oportunidade de jogar bem com o vento, de aprender a jogar melhor com o vento. Se não estou a sentir a direita posso ganhar um jogo com outras coisas. Acho que quando começas a ter essa mentalidade lidas melhor com as adversidades e tornas-te mais positivo. E é isso que eu tento fazer”, completou, dois dias depois de já ter referido que quer ser “o jogador com a melhor atitude.”

No quadro feminino, as meias-finais serão jogadas entre as quatro cabeças de série: Francisca Jorge (579.ª do “ranking” mundial), Inês Murta (645.ª), MariaInês Fonte (912.ª) e Ana Filipa Santos (1141.ª), que em comum têm o facto de já terem representado a seleção nacional na Fed Cup.

Principal candidata à vitória e também ela a atravessar uma série de 10 triunfos (tal como Vale, venceu o Open de Oeiras e depois foi ao Algarve conquistar a primeira etapa do Circuito Sénior FPT), Francisca Jorge derrotou Inês Oliveira pela terceira semana consecutiva, desta vez por 6-3 e 6-1.

“Já sabia ao que vinha e ela também, porque jogámos pela terceira semana consecutiva. Estava preparada mentalmente, taticamente também tinha o plano elaborado e sabia o que tinha de fazer: manter um nível alto, tentar jogar bem e mostrar o meu ténis para ir evoluindo aos poucos. Hoje esteve um dia mais difícil do que em Vale do Lobo, com mais vento, mas soube lidar bem com a situação e acabei por tornar isso numa vantagem e ser superior”, analisou a tenista de 20 anos, que tal como João Sousa e Luís Faria nasceu em Guimarães.

Nas meias-finais, a número um portuguesa e tricampeã nacional terá pela frente outra jogadora que conhece (muito) bem: Maria Inês Fonte, que confirmou o estatuto de terceira pré-designada ao superar a “qualifier” Matilde Morais, com 6-1 e 6-2.

O quadro fica completo com outro duelo entre duas grandes amigas: Inês Murta voltou a arrasar e completou a fase de grupos sem ceder qualquer jogo (depois de derrotar Sara Neto por 6-0 e 6-0 aplicou os mesmos parciais a Débora Madile) e Ana Filipa Santos falou mais alto num duelo entre duas companheiras de treino, ao superar Mariana Campino com 6-4 e 6-3.

*Texto: Gaspar Ribeiro Lança e Fotografias: Beatriz Ruivo

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Festival das Artes da Beira Baixa anima noites de sábado em Proença-a-Nova

O Festival das Artes da Beira Baixa vai animar as próximas três noites de sábado em vários pontos do concelho, trazendo também...

Docentes do IPCB publicam EBOOK internacional

Os docentes da Escola Superior de Educação do IPCB Samuel Honório, Marco Batista e Helena Mesquita, em conjunto com Jaime Ribeiro, docente...

Município de Vila Velha de Ródão obtém selo “Safe & Clean”

O Município de Vila Velha de Ródão encontra-se empenhado no cumprimento das normas e recomendações emitidas pela Direção Geral da Saúde e...

Vila Nova da Barquinha recebe circuito pedestre «Fauna, flora e história local»

29 agosto 09h | Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha Passeio com apontamentos sobre as...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: