25.6 C
Castelo Branco
Domingo, Setembro 20, 2020
No menu items!
Início Cultura Biblioteca Municipal celebrou aniversário com a apresentação de livros sobre património cultural...

Biblioteca Municipal celebrou aniversário com a apresentação de livros sobre património cultural de Ródão

A Biblioteca Municipal José Batista Martins (BMJBM), em Vila Velha de Ródão, iniciou a celebração do seu 12.º aniversário, no passado sábado, 4 de Julho, com um programa de elevada qualidade, que incluiu a apresentação de dois livros que integram o projeto “Vidas e Memórias de uma Comunidade: rebuscar o tempo”, ambos excelentes abordagens do ponto de vista literário e patrimonial ao território de Ródão.

A iniciativa aconteceu ao ar livre, com os cuidados exigidos pela Direção Geral de Saúde, num espaço apelidado pela BMJBM de Naturágora, juntando dois grupos de vinte pessoas em cada sessão, nas quais marcaram presença os criadores das obras.

Durante a sua intervenção na abertura do evento, o presidente do Município de Vila Velha de Ródão, Luís Pereira, mostrou a sua satisfação por ver publicadas duas obras de autores do concelho, sublinhando a sua importância para a preservação da memória coletiva e o papel que as autarquias devem ter neste âmbito, enquanto agentes culturais privilegiados.

Durante a sessão em Vila Velha de Ródão

Maria da Conceição F. Sobreira recolheu junto de sua mãe poesia popular sob a forma de quadras e cantigas, num total de mais de 300 composições.

Deu-lhe o nome “Outros passos” e a BMJBM, entendendo a plena pertinência da divulgação destes elementos do património cultural local e regional e também a qualidade poética dos textos, organizou a sua publicação, que foi editada pelo Município de Vila Velha de Ródão.

As ilustrações da obra, de grande beleza, são imagens de trabalhos criados por artesãs do concelho: trapologia de Maria do Céu Marques, desenhos de Rosa Barreto Ferreira e rosas criadas por Maria do Rosário Pires.

Jorge Pires Figueiredo partilhou as suas “Memórias de um rio” combinando, na perfeição, a beleza poética da sua prosa com as vividas lembranças, que muitos partilharão, de crianças e jovens à descoberta de um rio: o Tejo em Vila Velha de Ródão.

A partilha de vivências de outros tempos ocupou uma parte significativa da informal conversa entre a mesa e o público.

No aprazível fim de tarde, ainda houve tempo e leitores atentos para, numa descontraída reunião do Clube de Leitura de Autores Clássicos da BMJBM, ouvir ler e cantar a poesia de Camões por Filomena Ribeiro, membro do clube.

A terminar, a editora da Mariposa Azual apresentou aos presentes a obra mais recente do poeta, performer e artista plástico António Poppe, “O agitador e a corrente”, que é um convite à mudança da relação que pode ser estabelecida entre texto, autor e leitor.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Medidas de prevenção são difíceis de interiorizar e assimilar considera Magda Robalo

A Alta Comissária para a Covid-19 da Guiné-Bissau, Magda Robalo, considera que há conhecimento da doença provocada pelo novo coronavírus, mas que...

Vila Velha de Ródão reforça investimento na área da educação

O Município de Vila Velha de Ródão reforçou em quase 50% o investimento feito este ano letivo na área da educação, um...

LIVRE defende suspensão do acordo de extradição entre Portugal e Hong Kong

Após a aprovação da nova Lei de Segurança Nacional, imposta pela China em junho passado, Hong Kong entrou num regime onde é...

Recuperação imobiliária abranda e tem futuro incerto

DEVIDO AOS ATUAIS SINAIS MACRO-ECONÓMICOS EM PORTUGAL Ainda assim nasceram 300 novas empresas de mediação desde junho

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: