25.6 C
Castelo Branco
Domingo, Setembro 20, 2020
No menu items!
Início Nacional Poliempreende regional já tem vencedores

Poliempreende regional já tem vencedores

O júri regional do Concurso Poliempreende, constituído por representantes do Politécnico de Castelo Branco (Nuno Caseiro), do Banco Santander Totta (Sérgio Martins), da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa – CIMBB (Hélder Henriques) e da Pedro Agapito Seguros (Pedro Agapito) elegeu os três projetos vencedores do 17.º Concurso Regional Poliempreende.

O Projeto “Micro Who”, desenvolvido pelos estudantes da Escola Superior de Saúde Dr. Lopes do IPCB Cláudia Marina Azevedo da Silva e Inês dos Santos João, foi distinguido como o vencedor desta fase do concurso, sendo-lhe atribuído um prémio monetário no valor de 2000€, patrocinado pelo Banco Santander.

Estes estudantes irão representar o IPCB na fase nacional do Concurso Poliempreende, na qual estarão presentes os vencedores regionais de cada um dos institutos politécnicos do país e escolas superiores não integradas.

1º Lugar-Projeto MicroWho

O “Micro Who” consiste numa aplicação desenvolvida por alunas da licenciatura em Ciências Biomédicas Laboratoriais, que tem como objetivo facilitar e melhorar a aprendizagem de conteúdos na área da Microbiologia, tornando-se numa ferramenta auxiliar de estudo, principalmente para a população estudantil, mas podendo ser usada também por docentes e até profissionais de saúde.

De acordo com a equipa, a ideia para desenvolvimento desta aplicação surgiu da necessidade de um recurso deste tipo, sentida ao longo do seu percurso escolar.

O segundo prémio foi atribuído ao Projeto “ViRturism”, desenvolvido por Nuno Pais, estudante da Escola Superior de Tecnologia do IPCB.

A ideia passa pela criação de uma plataforma que permite ao utilizador aceder a experiências de realidade virtual, em diferentes pontos turísticos.

Assim, os operadores têm uma plataforma para se promoverem e os turistas têm a oportunidade de visitar locais à distância, sozinhos ou em grupo, o que pode constituir uma grande oportunidade para a estimulação do turismo na era pós COVID-19.

O autor do projeto vai receber um prémio no valor de 1500€, atribuído pela CIMBB – Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa.

Em terceiro lugar, com um prémio de 1000€ atribuído pela Pedro Agapito Seguros, foi classificado o Projeto “WalkieTravel”, uma aplicação de turismo ludificada, que pretende oferecer aos seus utilizadores uma experiência divertida e informações de interesse, quando em viagem.

3º Lugar-Projeto Walkie Travel

Através da oferta de trilhos nas localidades, o utilizador poderá conhecer todos os pontos de interesse, bem como ganhar Tokens colecionáveis, que são diferentes em cada local.

Adicionalmente, podem colecionar WalkiePoints, que poderão ser trocados por descontos em estabelecimentos comerciais.

A WalkieTravel contará com conteúdos históricos de cada local, indicações sobre locais de lazer, restauração, natureza, entre outros.

Este projeto foi desenvolvido por uma equipa de três estudantes da Escola Superior de Tecnologia do IPCB, Daniela Pires de Oliveira, Inês Ferreira da Silva e Joana Inês Milheiro Pedro Rodrigues.

Os prémios atribuídos são disponibilizados às equipas em duas frações: a primeira, correspondendo a 50% do seu montante global, será entregue no ano da realização do concurso.

Os restantes 50% são entregues com a apresentação da cópia da declaração de início de atividade, ou cópia de documento comprovativo da transferência de produto/tecnologia ou do desenvolvimento do produto ou serviço, até ao fim do segundo ano, contado após a realização do concurso, comprovando a implementação empresarial do projeto.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Medidas de prevenção são difíceis de interiorizar e assimilar considera Magda Robalo

A Alta Comissária para a Covid-19 da Guiné-Bissau, Magda Robalo, considera que há conhecimento da doença provocada pelo novo coronavírus, mas que...

Vila Velha de Ródão reforça investimento na área da educação

O Município de Vila Velha de Ródão reforçou em quase 50% o investimento feito este ano letivo na área da educação, um...

LIVRE defende suspensão do acordo de extradição entre Portugal e Hong Kong

Após a aprovação da nova Lei de Segurança Nacional, imposta pela China em junho passado, Hong Kong entrou num regime onde é...

Recuperação imobiliária abranda e tem futuro incerto

DEVIDO AOS ATUAIS SINAIS MACRO-ECONÓMICOS EM PORTUGAL Ainda assim nasceram 300 novas empresas de mediação desde junho

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: