18.3 C
Castelo Branco
Quinta-feira, Setembro 24, 2020
No menu items!
Início Cultura Cortiçada ArtFest: Iniciativa intermunicipal trouxe arte, workshops e música à região

Cortiçada ArtFest: Iniciativa intermunicipal trouxe arte, workshops e música à região

De 31 de julho a 2 de agosto, teve lugar o “Cortiçada ArtFest Weekend” que uniu os concelhos da Sertã, Oleiros e Proença-a-Nova num festival online que teve como palco as redes sociais.

A iniciativa abrangeu a inauguração das obras integradas no Roteiro de Obras de Arte na Paisagem, assim como a realização de workshops e concertos.

O primeiro dia foi dedicado ao concelho da Sertã, que contemplou a cerimónia de inauguração da obra “Véu”, no açude do Parque da Carvalha.

Na ocasião, José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã, referiu que “a cultura é algo essencial ao desenvolvimento dos cidadãos (…) sobretudo como objecto expressivo e criativo, que nos distingue e eleva.” Referindo-se à obra inaugurada, “é uma interpretação feliz de um cenário único na vila da Sertã” que” marca o encontro entre o rural e o urbano” e “daqui irradia uma luz que nos ajudará a iluminar estes tempos tão sombrios que atravessamos”.

A obra inaugurada faz parte, juntamente com o “Moon Gate de Oleiros” e o “Farol dos Ventos” de Proença-a-Nova, do Roteiro de Obras de Arte na Paisagem do Cortiçada ArtFest.

Este festival conjunto dos três municípios “é um sinal de que no interior a união de esforços nos pode levar mais longe e dar-nos a escala necessária para nos afirmar-mos noutro tipo de contextos”.

Concerto de piano do Sertaginense Marco Figueiredo

Marta Aguiar, representante do escritório de arquitectura Marques de Aguiar que foi responsável pela autoria da obra, agradeceu aos municípios, à DGArtes e às pessoas, “pelo encontro de vontades para contribuir para uma chamada de atenção para o interior”.

“O fio condutor deste trabalho é a procura de um sentido: o lugar justo e significativo para uma obra de arte que favoreça e contribua para um sentimento de pertença, para uma experiência estética e uma dimensão lúdica”.

Susana Menezes, directora Regional de Cultura do Centro, abordou a origem do projecto que o sente um pouco como seu.

Surge do “desafio lançado aos municípios de desenvolverem projectos no domínio cultural e artístico que pudessem estimular um novo ou um renovado sentimento de pertença e de esperança”, afirmou recordando que uma das missões da cultura é “levar as comunidades a encontrarem-se consigo próprias”.

As obras inauguradas “trazem e espoletam novos sentidos e novos questionamentos, novos olhares, sobre o espaço rural, como resultado de um, intenso processo de construção que envolveu ativamente as comunidades locais”.

Américo Rodrigues, director Geral das Artes, referiu-se ao “Cortiçada ArtFest” como sendo “um projecto de referência até por ser promovido por três municípios” e felicitou todos os envolvidos pelo trabalho realizado. Sublinhou que este projecto ajudou a DGArtes a crescer e a redefinir o seu rumo, contribuindo para a descentralização do seu trabalho.

Seguiu-se a transmissão em directo do concerto de piano do Sertaginense Marco Figueiredo que consistiu numa retrospectiva do trabalho desenvolvido ao longo dos anos, tendo como mote a influência da beleza natural da Sertã, espelhada na obra “Véu” criada e instalada num dos seus mais idílicos cenários.

O programa do “Cortiçada ArtFest Weekend” na Sertã contemplou também o workshop online “Arte e Madeira”, em que o artesão sertaginense Fernando Nunes explicou o processo de construção de um móvel com uma raiz de árvore, em que a forma das raízes e dos troncos o inspiram e ditam o futuro uso de cada peça.

O instagram do Cortiçada ArtFest exibiu as diversas participações do Desafio Digital “Este ou o teu Véu” em registos fotográficos e em vídeo.

Iniciativas semelhantes decorreram nos concelhos vizinhos de Proença-a-Nova e Oleiros, nos dias 1 e 2 de agosto, respectivamente.

No dia 1 de agosto foi inaugurado o “Farol dos Ventos” em Proença-a-Nova e transmitido o workshop“Cores do Sobral Fernando” e o concerto dos Soul BrothersEmpire.

A 2 de agosto, a iniciativa decorreu em Oleiros com a inauguração do “Moon Gate”, workshop online “Fios de Arte” e encerrou com o concerto em streaming dos Senza.

O evento integrou-se no Cortiçada ArtFest – Festival de Experiências Artísticas na Paisagem, dinamizado pelos três municípios, em colaboração com o escritório de arquitetura MAG – Marques de Aguiar, que assegurou a curadoria do projeto, com o propósito de homenagear a interioridade e dar uma nova vida à região.

A parceria intermunicipal entre os concelhos de Sertã, Proença-a-Nova e Oleiros, surgiu na sequência dos danos sem precedentes provocados pelos incêndios de 2017, e além do roteiro de obras de arte e do Cortiçada ArtFest weekend, inclui também a programação da Cortiçada Week, uma semana de experiências de construção, a realizar no verão de 2021.

Brevemente será divulgado um concurso destinado a artistas locais destes municípios, que culminará com uma exposição “Territórios de Fogo”.

O Cortiçada ArtFest é um projeto financiado pela DGARTES, no âmbito do “Programa de Apoio em Parceria – Revitalização do Pinhal Interior – Programa de Desenvolvimento Cultural o Território”.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Plano 2020/30: Partidos pedem garantias, do SNS à aposta na ferrovia

Os partidos exigiram hoje ao Governo garantias sobre mais investimento público na saúde, na ferrovia e na soberania alimentar, com o PSD...

Idanha-a-Nova: Mulher detida por cultivo de canábis

O Comando Territorial de Castelo Branco, através do Posto Territorial da Zebreira deteve ontem, dia 22 de Setembro, uma mulher, de 47...

Covid-19: Museus e monumentos perderam 70% dos visitantes no 1.º semestre do ano

Os museus, monumentos e palácios nacionais registaram uma quebra de cerca de 70% de visitantes no primeiro semestre de 2020, comparando com...

Covid-19: Utilização de testes rápidos definida no final da semana assegura ministra

A utilização de testes rápidos de detenção de covid-19 será definida no final da semana por um conjunto de peritos, disse hoje...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: