23.9 C
Castelo Branco
Terça-feira, Setembro 29, 2020
No menu items!
Início Regional CIM Beiras e Serra da Estrela reduz e limita apoios nos passes...

CIM Beiras e Serra da Estrela reduz e limita apoios nos passes sociais

A União dos Sindicatos de Castelo Branco (USCB/CGTP-IN) considera inaceitável as noticias que sobre a decisão que a CIM Beiras e Serra da Estrela relativamente à redução e limitação do apoio nos passes sociais.

“Estas reduções terão implicações significativas no orçamento das famílias e na mobilidade dos trabalhadores, reformados e na deslocação das pessoas e, afasta a sua maioria uma vez que é retirado o apoio de 40% nos passes normais e aos que tem mais de 65 anos ou menos de 23 anos os 60%, passando a fazer depender o apoio da situação de carência económica a ser comprovada pelas câmaras municipais.”, denuncia em comunicado a estrutura sindical.

Relembre-se que a partir do dia 23 de Março e nos meses de Abril e Maio “nem os serviços mínimos existiam, pois as empresas após o encerramento das escolas maioritariamente entraram em processos de lay off e até os serviços que referem mínimos em determinados concelhos deixaram de existir”.

Houve trabalhadores que nos meses mencionados se viram confrontados com
as interrupções dos transportes e que alguns deixaram de ter sequer condições para se deslocar para o local de trabalho.

Assim, os apoios que são referidos e financiados através do PART pelo Fundo Ambiental “…600 mil euros” devem ter sido aplicados em reduzidos serviços mínimos, muito mínimos mesmo, ou então em apenas uma ou outra empresa. Justificam com “provocou défices acentuados no sector de transportes de passageiro”.

A direcção da USCB/CGTP-IN considera que efectivamente devem no futuro próximo
garantir serviços de transporte que garantam e sejam adequados às necessidades de mobilidade das populações.

“Não devem, no entanto ser retirados os apoios existentes que foram atribuídos devido às necessidades reais das pessoas, devido às dificuldades que temos de mobilidade no interior do país e particularmente no nosso Distrito, que já, no contexto antes Covid 19 era bastante débil.”,conclui a nota da União de Sindicatos.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Santa Clara – Gil Vicente vai ser o primeiro jogo da I Liga com público

O jogo Santa Clara – Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga de futebol, vai ter uma assistência de 1.000 pessoas,...

Museu de Arte e Arquitetura gratuito no fim de semana e feriado pelo 4.º aniversário

Visitas guiadas a exposições, música, teatro, conversas e oficinas compõem a programação dos três dias de celebrações do 4.º aniversário do Museu...

João Morgado vence 13.ª edição do Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca com a obra “Contos de Macau”

Câmara Municipal de Santiago do Cacém  Já é conhecida a obra vencedora da 13.ª Edição do Prémio Nacional...

Escolas Doutorais, pandemia e orçamento estiveram em discussão no Conselho Geral da UC

O orçamento da Universidade de Coimbra (UC) e dos Serviços de Ação Social da Universidade de Coimbra (SASUC), o impacto da pandemia...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: