20 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Maio 17, 2021
No menu items!
InícioCulturaObra coletiva de homenagem aos avós apresentada no Jardim-Horto de Camões

Obra coletiva de homenagem aos avós apresentada no Jardim-Horto de Camões

AVÓS: RAÍZES E NÓS

O Jardim-Horto de Camões acolhe a apresentação, na tarde de 5 de setembro, um sábado, pelas 17 horas, do livro – Avós: Raízes e Nós, emprestando o seu ambiente poético a um ato, em boa parte também poético, que homenageia as gerações passadas que, não sendo já deste tempo, continuam vivas na nossa memória.

Neste tempo de pandemia que estamos a viver, «os avós deixaram de poder cuidar dos netos e os netos de receber o carinho dos avós. Um vazio preenchido com as mais diversas aplicações que as tecnologias colocaram à nossa disposição, mas que nunca conseguiram substituir a canção de ninar, o aconchego de um colo, a ternura de um abraço ou qualquer outro mimo que só a presença física pode dar.

E porque confinamento foi sinónimo de isolamento, este era o tempo ideal para refletirmos sobre os danos que estas ruturas afetivas causaram a muitos avós que, durante meses, se viram privados da companhia dos netos. A melhor maneira de os homenagear seria, através de um conjunto de narrativas, recordar a forma como os avós – presentes ou ausentes – marcaram as vidas de todos nós» (da contracapa do livro).

Assim, 58 pessoas, a viver em diferentes regiões do país e em diversas partes do mundo, muitas delas já avós, escreveram outros tantos textos evocando os seus avós e contando histórias que guardam na memória da sua relação com eles.

«Para além da intensidade dos laços e dos nós dos afetos, estes textos dão-nos também retalhos de geografias, tradições nacionais e locais, épocas e maneiras de ser e de estar no espaço e no tempo. São, por isso, histórias que se completam no conteúdo e no prazer da partilha» (da badana do livro).

Esta obra coletiva, com cerca de 200 páginas, foi organizada por Aida Baptista, Ilda Januário e Manuela Marujo e é uma edição da Alma Letra.

Será assegurado o cumprimento das recomendações da Direção-Geral da Saúde no que respeita à prevenção da Covid-19.

A entrada é livre, devendo respeitar-se a distância mínima de dois metros entre os participantes.

É obrigatório o uso de máscara.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: