27.8 C
Castelo Branco
Segunda-feira, Agosto 2, 2021
No menu items!
InícioRegionalBE da Covilhã acusa a autarquia pela falta de solução nos transportes...

BE da Covilhã acusa a autarquia pela falta de solução nos transportes públicos no concelho

O Núcleo Concelhio do Bloco de Esquerda da Covilhã vê com muita preocupação e incerteza a situação da mobilidade urbana do concelho, em especial a situação dos transportes públicos. 

“Há falta de clareza e transparência em todo o processo e o executivo municipal mostra-se inábil e impreparado para resolver a situação que, a cada dia, evolui de forma a evidenciar a negligência com que a Câmara tem tratado o assunto”, refere o BE em comunicado.

“O executivo municipal, que está no segundo mandato, ou seja, tomou posse em 2013, não conseguiu preparar atempadamente um concurso para substituir a concessão atual que concluiu a sua prestação de serviço em setembro de 2019.”, acusam os bloquistas.

Relembre-se que o concurso foi lançado apenas em abril de 2020 e teve a data para a apresentação das propostas prorrogada sucessivas vezes e permanece vazio, pois nenhuma empresa manifestou interesse. 

“Surpreende que a 25 de Agosto, a Câmara Municipal da Covilhã, através de nota publicada no site da autarquia, dizer que “de forma inesperada” foi informada pelo atual concessionário, que não continuará a prestar o serviço após o dia 1º de Setembro”, refere ainda o BE. 

O Bloco de Esquerda denuncia a falsidade desta nota, “pois isso já era há mais de um ano de conhecimento público que este desfecho seria inevitável”.

“Se a Câmara Municipal alega desconhecimento é porque os interesses políticos foram outros, voltou-se apenas para as guerras internas socialistas, esquecendo o interesse público e a defesa das populações da Covilhã.”, adianta o BE. 

Duas notas recentes foram divulgadas pela autarquia, uma no dia 25 e outra no dia 28 de agosto, e em nenhuma delas está claro a forma como o município irá assegurar a continuidade dos serviços.

 Para o Bloco de Esquerda é motivo de grande preocupação pela importância estratégica que a rede de transportes públicos assume na mobilidade das populações.

Ao consultar o DRE e o portal de contratos públicos, www.base.gov.pt, não foi possível encontrar nenhum contrato que possa servir de garantia de que a Câmara Municipal da Covilhã poderá realmente assegurar a prestação deste serviço. 

O Núcleo Concelhio da Covilhã do Bloco de Esquerda salienta que a mobilidade promovida pelos serviços de transportes públicos é a que assegura a acessibilidade a direitos básicos como educação e saúde para muitas camadas da população, em especial aos menos favorecidos.

CM da Covilhã

“São os serviços de transportes públicos que garantem a muitos, o acesso ao trabalho, lazer, comércio e diversos outros serviços essenciais.”, adiantam. 

“Trata-se de uma enorme irresponsabilidade do atual executivo, deixar que esse serviço, já tão precário, com rotas e horários inadequados e insuficientes, falhem por evidente incompetência.

Neste sentido o Núcleo do Bloco de Esquerda da Covilhã requer que o Município torne público as condições da concessão a ser realizada para suprir o prazo até que a nova empresa, através de Concurso Público e no respeito pela lei dos Contratos Públicos, assuma uma nova concessão”, conclui o BE.

*Foto de Capa: LUSA/Paulo Novais

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: