20.6 C
Castelo Branco
Domingo, Setembro 27, 2020
No menu items!
Início Nacional Lisboa dispara vendas com 18 milhões de garrafas vendidas no pós-confinamento

Lisboa dispara vendas com 18 milhões de garrafas vendidas no pós-confinamento

CVR ANUNCIA VINDIMAS COM MAIS 5% DE QUANTIDADE
E RESULTADOS DO ÚLTIMO TRIMESTRE

Os Vinhos de Lisboa anunciaram, esta semana, resultados recorde nas vendas registadas nos últimos 3 meses – período de pós-confinamento – o correspondente a 18 milhões de garrafas entre Junho e Agosto. 

Estes foram os 3 meses mais fortes de sempre ao nível das vendas desde que há registos, sendo que nos primeiros 8 meses do ano – de janeiro a agosto – as vendas dos Vinhos de Lisboa aumentaram 15% face a 2019.

Segundo a Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa (CVR Lisboa), este crescimento foi suportado por um aumento significativo das exportações para mais de 100 destinos diferentes, liderados por Estados Unidos, Canadá, Brasil, Reino Unido e Escandinávia e com Japão, Coreia do Sul e a Austrália a ganhar força.

“Mesmo com todos os imprevistos causados pela pandemia, e que continuam a impactar alguns produtores, os resultados globais mantêm-se bastante positivos, pelo que os Vinhos de Lisboa estão vivos e recomendam-se”, afirma Francisco Toscano Rio, Presidente da CVR Lisboa.

No que toca à vindima e com o calor sentido nos últimos dias, as maturações atingem agora o seu ponto ideal nas castas brancas, destinadas à produção de vinhos brancos leves e espumantes, e algumas uvas tintas para rosés.

“São categorias de vinho onde o equilíbrio entre os açucares, a acidez e o aroma são particularmente importantes para garantir a tipicidade pretendida para os Vinhos de Lisboa”, explica o mesmo responsável.

Segundo a Comissão, as primeiras uvas que estão a entrar nas adegas confirmam as expectativas que existiam para esta colheita, prevendo-se um aumento de quantidade de 5%.

Foi hoje anunciado também que a o seguro de colheita contratado atingiu os €20M, o correspondente a 50% da área de vinha certificada. 

“Salvaguardamos as vinhas e conferimos aos viticultores uma tranquilidade adicional neste período crítico”, conclui Francisco Toscano Rico.

Recorde-se que a Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa (CVR Lisboa) é a entidade responsável pela promoção e certificação dos vinhos Regionais Lisboa e dos DOC´s Alenquer, Arruda, Bucelas, Carcavelos (Vinhos Generosos), Colares, Encostas d’Aire, Lourinhã (Aguardentes), Óbidos e Torres Vedras.

Os Vinhos de Lisboa são exportados para mais de 80 países, sendo a Região em Portugal que exporta a maior percentagem dos vinhos (tranquilos) que certifica.

Os seus principais mercados são a Europa e nesta especialmente o Reino Unido, a Polónia e a Escandinávia, na América do Norte os EUA e o Canadá, Brasil, Angola, China e Japão, Austrália, entre outros.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Festas de Natal e Fim do Ano na Madeira vão acontecer com adaptações

O secretário do Turismo da Madeira afirmou hoje que os concursos para as tradicionais festas de Natal e Fim de Ano na...

21 x 365 = 7665 Dias Alma Azul – Bem Hajam

Professor Joaquim Martins Há pessoas que nos marcam para sempre; ou porque partilhámos Leituras e momentos felizes; ou...

Paulo Bento substitui Santana Lopes na liderança do partido Aliança

O antigo vereador da câmara de Torres Vedras Paulo Bento substitui hoje Pedro Santana Lopes como presidente do partido Aliança após a...

TOOLTO lança Solutioneer, nova plataforma para regularização de sinistros

A TOOLTO – Super Assistência, start-up portuguesa da área dos serviços de mobilidade e Insurtech, acaba de lançar a nova plataforma Solutioneer, que acelera...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: