20.1 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Setembro 30, 2020
No menu items!
Início Cultura Leituras de Batorel em Alcains

Leituras de Batorel em Alcains

12 de setembro, sábado, das 17 às 21.30 horas

Integrada no programa do 21.º Aniversário Alma Azul, decorre no próximo dia 12, sábado, entre as 17 e as 21.30 horas, uma Animação de Rua em Alcains, com Leituras de Batorel.

Uma iniciativa que pretende fixar e recordar a importância do Batorel comunitário nas relações entre vizinhos e que a reconstrução de muitas habitações foi retirando das ruas da vila.

Ainda são visíveis em Bairros mais antigos, especialmente no Outeiro, essas pedras gigantes de granito, ou não fosse Alcains uma terra de canteiros, que ao lado da porta de entrada acolhiam nas tardes e noites de verão muitas das conversas entre vizinhos, além da troca de contos e lendas tradicionais que ninguém julgava escritas e que através da oralidade iam passando de geração em geração, cativando e alargando o imaginário, servindo, não raras vezes, como matéria de iniciação juvenil e de passagem ao mundo dos adultos.

Percorrer Alcains, da Feiteira até às Pedras do Sal, em grupos reduzidos (a preocupação e a prevenção do Covid-19 estará sempre presente) e interagir com os proprietários das habitações onde se avista um Batorel, com Leituras breves de contos, lendas, adágios e outras conversas, é o propósito desta iniciativa que terminará às 21.20 horas, no Centro Cultural de Alcains, com uma última Leitura: um Aforismo de Vicente Sanches, professor de filosofia e um dos dramaturgos mais relevantes do teatro português, que nasceu no edifício onde se aloja atualmente o Museu do Canteiro.

Leituras de batorel

A Câmara Municipal de Castelo Branco apoia a iniciativa através da oferta do livro “Alcains – Tradições de Uma Vila da Beira Interior”, de Maria Victória Ataíde e “As Mãos no Fogo”, a todos os colaboradores da iniciativa e aos proprietários de cada um dos batoréis que serão contemplados com uma visita e Leituras.

Uma iniciativa comunitária de valorização do património cívico e cultural da vila de Alcains, que contará também com a presença de leitores de freguesias vizinhas, com os seus contos e lendas, num diálogo entre freguesias do concelho de Castelo Branco que a Alma Azul, produtora de atividades culturais, com sede em Alcains, também tem desenvolvido ao longo de duas décadas de trabalho.

Serão seguidas todas as recomendações da DGS.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Santa Clara – Gil Vicente vai ser o primeiro jogo da I Liga com público

O jogo Santa Clara – Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga de futebol, vai ter uma assistência de 1.000 pessoas,...

Museu de Arte e Arquitetura gratuito no fim de semana e feriado pelo 4.º aniversário

Visitas guiadas a exposições, música, teatro, conversas e oficinas compõem a programação dos três dias de celebrações do 4.º aniversário do Museu...

João Morgado vence 13.ª edição do Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca com a obra “Contos de Macau”

Câmara Municipal de Santiago do Cacém  Já é conhecida a obra vencedora da 13.ª Edição do Prémio Nacional...

Escolas Doutorais, pandemia e orçamento estiveram em discussão no Conselho Geral da UC

O orçamento da Universidade de Coimbra (UC) e dos Serviços de Ação Social da Universidade de Coimbra (SASUC), o impacto da pandemia...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: