23.3 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Setembro 23, 2020
No menu items!
Início Nacional Iniciativa RHI regressa a Portugal a partir de 18 de setembro para...

Iniciativa RHI regressa a Portugal a partir de 18 de setembro para promover novos modelos de negócio para as Artes e Cultura

A iniciativa RHI – Revolution, Hope, Imagination – é organizada pelo Arte Institute de Nova Iorque, que promove a cultura contemporânea portuguesa em Nova Iorque e no mundo.

O evento, que vai passar por 11 cidades de Portugal Continental e Ilhas, realiza-se entre os dias 18 a 25 de setembro, estendendo-se em diversas atividades durante o resto do ano.

A 1ª edição levou a que vários artistas portugueses fossem convidados a apresentar o seu trabalho internacionalmente como foi o caso de Surma ou Moulinex.

Um circuito nacional com palestras, workshops/webinars e espetáculos vai chegar a 11 cidades portuguesas, entre os dias 18 e 25 de setembro, no âmbito da II Edição da RHI, uma iniciativa que pretende promover novos modelos de negócio para as artes e cultura contemporânea, criando novas relações entre a Arte & Negócio, Cultura & Turismo.

Évora, Loulé, Braga, Alcobaça, Leiria, Torres Vedras, Lisboa, Porto, Funchal, Vidigueira e Faro são as 11 cidades que vão acolher o evento que surge como uma oportunidade para discutir soluções para a área das Artes e da Cultura, que sofreu um elevado impacto devido à pandemia.

O evento é gratuito e aberto ao público em geral, sendo mais direcionado para profissionais das artes e cultura.

Nesta edição pretende-se fortalecer e estreitar relações na rede de networking,oferecendo oportunidades únicas de criação de contactos a programadores, curadores e artistas portugueses, assim como novas interações com empresas e agentes turísticos.

“Pretende-se promover um maior conhecimento dos artistas nacionais por todo o território, intercâmbio de projetos artísticos entre cidades e construção de uma nova metodologia de trabalho entre agentes da cultura, empresas locais e turismo”, explica Ana Ventura Miranda, diretora e fundadora do Arte Institute.

Tendo em vista o panorama atual vivido, o RHI vira-se para a busca de soluções para a classe artística. 

Durante as palestras e conversas, pretende-se reunir artistas de todo o país, discutir os vários desafios e apresentar soluções.

Representantes de algumas cidades participantes falarão sobre o que foi feito durante a pandemia e membros das organizações artísticas ANUARTIS e Vigília Cultura e Artes darão o seu ponto de vista em relação à defesa dos artistas.

Na maior parte das cidades irão realizar-se showcases de artistas locais com o intuito de dar a conhecer artistas de diferentes regiões a programadores e curadores portugueses e internacionais.

Estes showcases serão transmitidos em direto através do Facebook do RHI, Arte Institute e Antena 3.

Serão apresentados case studies do RHI Stage, A Teia e P’la Arte, ou seja, projetos que desenvolveram ferramentas para que os artistas continuassem as suas atividades durante a pandemia.

Os workshops focam-se em duas principais áreas: o Marketing digital e dança. 

André Tentugal é o formador de uma Masterclass de Marketing Digital e vídeo low-budget.

Na área da Dança, a conceituada bailarina Virginia Lensi, American Ballet Theater, vai estar nas cidades de Braga, Alcobaça e Torres Vedras.

Além disso, representantes de empresas dão exemplos concretos sobre como construir projetos que sejam relevantes para as empresas, com o intuito de desenvolver novas metodologias de trabalho entre profissionais das artes e cultura e empresas.

Por último, a Europa Creativa e a AICEP juntam-se para dar uma formação sobre fundos de ajuda europeus e fundos de indústrias criativas.

Todos os eventos (talks, workshopsshowcases) são de entrada gratuita, no entanto, será preciso proceder a uma inscrição, uma vez que que as salas, por motivos de segurança, estão com lotações mais reduzidas.

Os programas completos para cada cidade podem ser consultados aqui: https://rhi-think.com/post/875/RHI-2020-II-Edition.  

As inscrições devem ser feitas através dos seguintes links: Lisboa –  https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-rhi-revolution-hope-imagination-114641176846Porto https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-rhi-revolution-hope-imagination-porto-119105394441?aff=ebdssbdestsearch.

Para as restantes cidades deverá ser usado o mail  info@arteinstitute.org.

A cidade de Évora já está esgotada.

O programa completo pode ser consultado em https://rhi-think.com/post/876.

Para além das reservas gratuitas, é possível também aderir ao Membership Anual do RHI do qual pode adquirir vários benefícios – a público e profissionais – nos eventos da iniciativa durante 12 meses.

A segunda edição do RHI tem como investidores a EDP, Caixa Geral de Depósitos, Fundação Millennium BCP, Pares Advogados, Polarising, Costeira, Pestana Group Hotel, Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, Organização de Estados Ibero-Americanos (OEI), Hyundai, Escola Ent’Artes, Arteria_Lab – Arts e Escola de Artes da Universidade de Évora, e como media partner, a Antena 3.

A I Edição da iniciativa, foi lançada em setembro de 2019, e durante uma semana passou por 12 cidades onde uma comitiva de programadores, curadores e jornalistas internacionais partilharam o seu know-how em palestras e workshops e assistiram a showcases privados de artistas portugueses. 

Muitos destes profissionais das artes, como por exemplo Surma, Moçoilas ou Moulinex, foram convidados para apresentarem o seu trabalho internacionalmente em venues como o SummerStage Central Park, Rhythm Foundation, Drom, Biblioteca Publica de New Bedford, Centro Cultural Português em São Tomé, entre outros.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Plano 2020/30: Partidos pedem garantias, do SNS à aposta na ferrovia

Os partidos exigiram hoje ao Governo garantias sobre mais investimento público na saúde, na ferrovia e na soberania alimentar, com o PSD...

Idanha-a-Nova: Mulher detida por cultivo de canábis

O Comando Territorial de Castelo Branco, através do Posto Territorial da Zebreira deteve ontem, dia 22 de Setembro, uma mulher, de 47...

Covid-19: Museus e monumentos perderam 70% dos visitantes no 1.º semestre do ano

Os museus, monumentos e palácios nacionais registaram uma quebra de cerca de 70% de visitantes no primeiro semestre de 2020, comparando com...

Covid-19: Utilização de testes rápidos definida no final da semana assegura ministra

A utilização de testes rápidos de detenção de covid-19 será definida no final da semana por um conjunto de peritos, disse hoje...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: