17.2 C
Castelo Branco
Quarta-feira, Setembro 30, 2020
No menu items!
Início Cultura Ator e encenador na Conversa Comunitária de Setembro

Ator e encenador na Conversa Comunitária de Setembro

Cine-Teatro Avenida de Castelo Branco, 21 de setembro, segunda-feira, às 18 horas

O ator e encenador Ricardo Correia é o convidado das “Conversas Comunitárias no Século Vinte e Um” em setembro; que se realiza na próxima segunda-feira, dia 21, às 18 horas, no Foyer do Cine-Teatro Avenida, em Castelo Branco.

Ricardo Correia nasceu em 1977. É diretor artístico da “Casa da Esquina”, estrutura de criação e programação de Coimbra; onde desenvolve trabalho de criação interdisciplinar em regime colaborativo, investindo numa dramaturgia original, de mediação entre o real e a ficção; o autobiográfico, a pós-memória e o questionamento do território.

Desde o ano 2001 que trabalha em teatro, cinema e televisão como ator.

Encenou duas dezenas de espetáculos que apresentou em Festivais Internacionais e em cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Leipzig e Londres.

É autor de textos para teatro editados no livro “O meu país é o que o mar não quer”, na Imprensa da Universidade de Coimbra, da peça “Call Center”, editada pelo Teatro Nacional D. Maria II & Bicho do Mato, no livro: Laboratório de Escrita para Teatro e “Eu uso termotebe e o meu pai também e outras peças”, na coleção Livrinhos de Teatro da Cotovia.

Capa do livro “Eu uso termotebe e o meu pai também e outras peças”

É também professor de teatro, lecionando interpretação, dramaturgia e encenação na Escola Superior de Coimbra; e na Licenciatura em Estudos Artísticos da Universidade de Coimbra.

Doutorando em Estudos Artísticos pela Universidade de Coimbra com o projeto: “Dramaturgias Políticas Contemporâneas – More than Words! Mediações entre o Teatro do Real e o Teatro Ficcional”.

As “Conversas Comunitárias no Século Vinte e Um” realizam-se sempre no dia 21 de cada mês, e são uma parceria Alma Azul e Fábrica da Criatividade, contando com o apoio da Câmara Municipal de Castelo Branco.

Pelas Conversas Comunitárias no Século Vinte e Um já passaram o programador cultural Miguel Lobo Antunes, a responsável do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra, Ana Cristina Pessoa Tavares; e a mediadora de Leitura, Margarida Junça, entre outros convidados.

A entrada é livre e serão cumpridas todas as medidas de segurança aconselhadas pela DGS.

Leave a Reply

- Advertisment -

Most Popular

Covid-19: Santa Clara – Gil Vicente vai ser o primeiro jogo da I Liga com público

O jogo Santa Clara – Gil Vicente, da terceira jornada da I Liga de futebol, vai ter uma assistência de 1.000 pessoas,...

Museu de Arte e Arquitetura gratuito no fim de semana e feriado pelo 4.º aniversário

Visitas guiadas a exposições, música, teatro, conversas e oficinas compõem a programação dos três dias de celebrações do 4.º aniversário do Museu...

João Morgado vence 13.ª edição do Prémio Nacional de Conto Manuel da Fonseca com a obra “Contos de Macau”

Câmara Municipal de Santiago do Cacém  Já é conhecida a obra vencedora da 13.ª Edição do Prémio Nacional...

Escolas Doutorais, pandemia e orçamento estiveram em discussão no Conselho Geral da UC

O orçamento da Universidade de Coimbra (UC) e dos Serviços de Ação Social da Universidade de Coimbra (SASUC), o impacto da pandemia...

COMENTÁRIOS RECENTES

Paula Alexandra Farinha Pedroso on Elias Vaz lança livro sobre lendas e mitos de Monsanto
%d bloggers like this: